DIREITOS DE AUTORIA

**************************************************** NO PAINEL SUPERIOR -- O TEJO JUNTO DE LISBOA ***************************************************

sábado, 31 de dezembro de 2016

EXCELENTE ENTRADA



~~~ «FOR AULD LANG SYNE, MY DEAR» ~~~


Castelo de Stirling, Escócia.

~~ «For auld lang syne!» ~~


~~ «We'll take a cup of kindness yet» ~~


~~ For auld lang syne. ~~

 * Tradução 
 Ao fundo da págima 

ÓTIMA PASSAGEM DE ANO, AMIGOS!


  
Tchim - Tchim!

~~~ Saúde e muitas felicidades ~~~

Para vós e todos os que vos são queridos.

... Abraços de ótima amizade...

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

MÚSICA EM VIENA


 * Concerto de Ano Novo na Ópera de Viena de Áustria * 
A Ópera Estatal de Viena foi inaugurada em 1869 com uma peça de Amadeus Mozart. 
 Bombardeada durante a GG, foi reedificada de acordo com a sua traça do neorrenascimento.
É lá que funciona a Orquestra Filarmónica.
É um prazer acompanhar, pela 'net', estes Concertos de
Fim de Ano da Orquetra Filamórnica de Viena.
Todos os anos é homenageado um maestro renomado
com o convite para a direção do célebre concerto.
A peça que mais me encanta é a Marcha de Radetzki,
a última das doze peças musicais - a que encerra o concerto.
 O maestro tem de conduzir a orquestra e o público assistente.


 Deixo-vos a Marcha de 2016, com a condução de Mariss Jansons
e a Marcha do Concerto de 2015, sob a direção de Zubin Mehta.



2015/2016


2016/2017

Fontes das fotos
- -- A - B - C ---

domingo, 25 de dezembro de 2016

~ PIE JESU...



... A Natvidade de Sandro Boticelli ...

))) Pie  Jesu (((


É um texto musical escrito por Andrew Lloyd Webber e faz parte da
 Missa de 'Requiem' que o compositor criou para seu pai.
Inicialmente interpretado por sua então esposa, Sarah Brightman,
tem sido executado por cantores de música «crossover».
Aqui, num lindíssimo canto lírico das sopranos, Kimmy e Mirusia.



... A oração e uma ótima tradução ...

 * Aqui * 

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

~~ DIAS FELIZES

                  
                  

                  Música com

                 o trompete de Melissa Venema

Adoração dos Pastores - Josefa de Óbidos - 1669 - Museu Nacional Arte Antiga 


«Mas, se um ano Tu deixas de nascer
Se de vez se nos cala a tua voz,
Se, enfim, por nós desistes de morrer,
           Jesus recém-nascido! O que  será de nós?!»               

                                                            José Régio             
                              
~~~ Paz e Amor, Amigos ~~~

~~ Abraços cordiais ~~

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

AVÉ MARIA


... A Composição de Schubert ...









~~~ Poema adaptado à oração católica latina ~~~
extrato

Ave Maria,
Gracia plena,
Maria, gracia plena,
Maria, gracia plena,

 Ave, Ave, dominus
Dominus tecum
Benedicta tu in mulieribus,
Et benedictus,

 Et beneditus fructus ventris,
Ventris tui, Jesus.
Ave Maria.

 Segue-se a repetição da estrofe

  Poema completo e tradução aqui  


A interpretação de Josh Groban

Fonte de fotos e vídeo - X

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

NATAL BRANCO


 ***  Canções de sempre...  ***   



De 1954...




  Inesquecível... 


Acontece frequentemente na nossa Estrela.


 





Fontes das fotos.
A - B - C - D - F - G - H - I  
Traduções - I - II

domingo, 18 de dezembro de 2016

... GUERRA! ...


A Verdade!          
Depois de destruírem o Iraque sem motivos,     
 deixaram aniquilar a Síria...     
A entrada principal da Universidade de Aleppo
Universidade de Aleppo - Vista geral.


Grande Mesquita de Aleppo

Grande Mesquita

Antes e Depois...

Com boa música ocidental...

Antes

Vídeos
A      B      C
Fotos da Wikipedia.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

~~ NATAL DE DAVID ~~


))) Música de Natal instrumental (((

... Dias calorosos ...
 

  «Natal à Beira Rio»  



É o braço do abeto a bater na vidraça?
E o ponteiro pequeno a caminho da meta!
Cala-te, vento velho! É o Natal que passa,
a trazer-me da água, a infância ressurecta.

 Da casa onde nasci via-se perto o rio.
Tão novos os meus Pais, tão novos no passado!
E o menino nascia a bordo de um navio
que ficava, no cais, à noite iluminado...

Ó noite de Natal, que  travo a maresia!
Depois fui não sei quem se perdeu na terra.
E quanto mais na terra a terra me envolvia
Mais na terra fazia o norte de quem erra.

Vem tu, Poesia, vem, agora conduzir-me
à beira desse cais onde Jesus nascia...
Serei dos que afinal, errando em terra firme,
Precisam de Jesus, de Mar, ou de Poesia?

David Mourão Ferreira - Obra Poética - 1988