DIREITOS DE AUTORIA

-»-» É proibida a cópia dos conteúdos aqui publicados sem consentimento prévio. Para total esclarecimento sobre direitos autorais consulte o rodapé.

sábado, 25 de janeiro de 2020

... ACONTECEU HÁ UM ANO ...


~~~ EM BRUMADINHO ~~~

))) SOLIDARIEDADE PELO SEU POVO (((


... O compositor musical é natural de Belo Horizonte, MG ...

 Vi as montanhas de Minas Gerais, pela primeira vez, numa série da Globo.
Foi amor à primeira vista... Fiquei encantada com a vastidão de elevações
cobertas de Mata Atlântica, coloridas em vários tons de verde esmeralda.
Não sabia eu que aquele verde, comovente de tão especial, ocultava
o maior jazigo de ferro do mundo que, para sempre, 
condenou ecologicamente aquela vasta e belíssima região.
                                                                                                                                                                                 
Foram construídas barragens para lavar o minério... A sua manutenção
descurada provocou roturas com inundações de lama bem letais.

... Brumadinho, 2019 ... o meu pesar ... relembre ...
 ..
 »»» aqui  e  aqui «««
 ................................... 

Desastre em Brumadinho - 277 - mortes e desaparecidos
Wikipedia

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

... CINEMA ...



'Tristesse' de Chopin, cujo coração jaz em Varsóvia
... Lang Lang ainda menino ...


'O GLADIADOR DE AUSCHWITZ'

 ... Um filme sobre um sobrevivente de um inferno ...




Portão de Auschwitz... A frase significa 'o trabaho liberta'...
 Sem comer, liberta a alma do corpo...
~~~ A PERSONAGEM ~~~

O pugilista Tadeu Pietrzykowki nasceu em Varsóvia em 1917 e faleceu
 em 1991.  Em 1940, era soldado das forças armadas polacas. Depois da
 invasão da Polónia na II Guerra mundial,  tentou alcançar a França a
fim de unir-se à resistência, mas foi feito prisioneiro no seu percurso.
Fez parte do primeiro carregamento para Auschwitz e três anos depois
foi transferido para um campo de concentração na Alemanha.  A sua
história foi contada por José Hen, escritor polaco de origem judaica.

~~ Fontes de informação: Euronews e Wikipedia ~~



Um filme polaco. O realizador, Maciej Barczewski é neto
de um prisioneiro dos campos de concentração.

~~ Euronews, 14 de Janeiro de 2020 ~~

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

HOMENAGEM AO COMPOSITOR



... DIA MUNDIAL DO COMPOSITOR ...




25O ANOS
 COM LUDWIG VAN BEETHOVEN




A Alemanha e o mundo comemoram em 2020, os 250 anos
deste célebre compositor e músico, nascido a 17/11/1770.
 Num museu de Bona,  está patente uma grande exposição sobre este génio.
Em entrevista à Euronews,  a curadora afirmou que o compositor era uma
pessoa de bom humor, que passava bons momentos com os seus melhores
 amigos e que,  mesmo depois de ficar surdo,  divertia-se bastante. Também
 consta que Beethoven nunca perdeu completamente a audição.
Estes factos apurados vêm contradizer o que constava -- o mito do músico
irascível que tinha composto belíssimas sinfonias completamente surdo.
 Apresento três peças musicais das mais populares.
A primeira é denominada em música 'Bagattella', por ser muito simples.
A  segunda,  a 15ª  sonata,  fica   bem   depois  da  14ª ,  a  'Sonata ao Luar',
porque a 'Pastorale' também nos transmite uma beleza impressionante. 
Até  as  crianças  aprendem  a  trautear  'tcham- tcham-tchaaaaam...'  do
movimento -- Allegro  com  brio -- da mais famosa das sinfonias,  a 5ª.

Por Daniel Barenboim


Orquesta Filamónica de Viena conduzida
por Christian Thielemann

domingo, 12 de janeiro de 2020

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

... O INVERNO ...



Do Inverno de Vivaldi - Allegro non molto
Orquestra Filamórnica de Londres
Solo de violino de Itzhak Pelrman

 ... La Pie - A Pêga - Claude Monet ~ 1889 - Muséu d'Orsay, Paris - Foto Wiki ...


 ~~ NO  CICLO  ETERNO ~~~
 ººººººººººººººººººººººººººººº
No ciclo eterno das mudáveis coisas
Novo Inverno após novo Outono volve
À diferente terra
Com a mesma maneira.
Porém nem a mim me acha diferente
Nem diferente deixa-me, fechado
Na clausura maligna
Da índole indecisa.
Presa na pálida fatalidade
De não mudar-me. Me infiel renovo
Aos propósitos mudos
Morituros e infindos.
(((0)))o(((0)))
 Odes de Ricardo Reis - Ficção de Fernando Pessoa
Lisboa Ática, 1946 - 98

 Sobre o heterónimo Ricardo Reis... Aqui...