quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

MARIA JOÃO DE VOLTA A BELGAIS



Maria João toca Mozart - Orquesta Sinf de Berlim

~~ Belgais ~~
   A quinta que Maria João Pires possui no concelho  de Castelo Branco,
   andou «nas bocas do mundo» há cerca de dez anos. Num país onde se
   cultiva a maledicência -- com direito a largo tempo de antena -- toda e
  qualquer  infelicidade  de uma  figura pública  é julgada  com  incúria.
Maria João foi tratada como débil mental, diziam que sendo pianista
o que sabia fazer era tocar e não 'fazer contas'...


A pianista criou o  Centro Para Estudo das Artes  com sede na quinta,
e  numa escola do  1º ciclo  da  localidade próxima,  sendo os salários
dos seus professores da  responsabilidade  do Centro.  Foi um projeto
oneroso e dependente dos sempre parcos  subsídios governamentais.
A Maria João  tentou salvar o seu projeto  durante três anos e quando
viu que  não havia mais nada  a fazer, partiu para  o Brasil,  a fim de ter
sossego para preparar suas performances musicais. Porém, a filha que
a apoiava  em Belgais,  achou que não estava tudo perdido  e continuou
a envidar esforços para salvar o Centro, que sempre esteve à sua total
responsabilidade nas frequentes ausências da mãe.


 Maria João  foi acusada  de ter  abandonado  o barco,  de ter fugido e
no Brasil,  ter comprado casa  numa  zona cara  e viver  'na  melhor'.
A nossa pianista só teve  uma casa, a de Belgais, continuou a viajar a
caminho da Europa a fim de poder participar em concertos, solos de
orquestras (longos, sem partitura) e digressões. Apesar das viagens,
presidiu  um centro idêntico  ao de Belgais  que criou para crianças
de Salvador (da Bahia de Todos os Santos), ainda mais carenciadas
do que os meninos do concelho de Castelo Branco.


 Ao contrário do que foi referido e  quase tomou dimensões de boato,
Maria João afirma que nunca usa o dinheiro que ganha apenas para
seu conforto. Possui um perfil psicológico e uma verticalidade longe,
muito longe do que inventaram a seu respeito. A entrevista completa
que a insigne pianista deu ao Jornal Público... Aqui


 Maria João Pires foi para o Brasil em 2 006 e o Centro de Belgais Para
o Estudo das Artes  encerrou em 2 009.  Recentemente o edifício  foi
objeto de  profunda remodelação   e o antigo centro reativado  com o
 nome de Centro de Artes de Belgais.  Além de continuar vocacionado
para o ensino,  tem outras componentes,  como turismo de habitação,
receção de  eventos,  concertos,  retiros,  oficinas de música  e,  ainda,
produção de azeite.   Um  ambiente único  de  absoluta  tranquilidade
onde  continua a não existir  telecomunicação,  nem rede  de internet.
A nossa pianista  que se reformou  de grandes concertos e digressões
musicais,  deu dois recitais em Dezembro transato e  programou dez
 concertos para os primeiros quatro meses deste ano, numa sala com 
admirável qualidade acústica e 125 lugares para assistência.

Bilhetes para os concertos de Belgais.
~~ Aqui ~~

Oficina de música em 2018
 FONTES
A B - C - D - E - F

sábado, 16 de fevereiro de 2019

💞 O AMOR, MEU AMOR


~~ Encerrando a Semana do Amor com Mia Couto ~~


 O amor num registo diferente...


~~ 🦋🦋 ~~ 

 O Amor, Meu Amor

Retire o som

~~ Poderá ler... Aqui ~~

Reserva natural de Maputo - Daqui

                Fontes   -  B

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

💕 FELIZ DIA DOS ENAMORADOS E DOS AMIGOS




Tradução... aqui.


Concordando plenamente com Lya Luft, dedico especialmente
as suas palavras a uma querida Amiga que construiu um casulo
de fios invisíveis, mas fortes; para se proteger do amor.


 Palavras do Senhor                                       

   ~~ Para o Brasil ~~



  * Desejo-vos um dia muito feliz *  

    ~~  Abraços  cordiais  ~~  


... Sirva-se, Amigo/a ...

~~ Oferta do coração ~~

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

💟 SEMANA DO AMOR...


Perhaps love...
Jonh Denver e Placido Domingo


A  RECONCILIAÇÃO
Surgiste esplendorosa
como princesa
das mil e uma noites!
Foi uma estonteante surpresa.
Não esperava encontrar-te.
Nem tu a mim!
💗
A tua amiga, tal fada benfazeja,
movimentou influências...
Convidaram-nos para a mesma festa,
sem que tivéssemos 
mínima suspeita
 do seu estratagema.
💗
Após tantos dias tristonhos,
em que fui obstinado,
num orgulho pueril,  reconheço;
fiquei frente a frente contigo.
Ó Deus! 
Que linda estavas!
 💗
Cruzámos os olhares,
sentimos a fragrância mútua;
o que trememos
 quando titubeámos o olá!
Reconciliámo-nos em silêncio,
e em profunda comoção.
💗
Quando te beijei a mão,
Lágrimas rolaram nos nossos rostos.
Soubemos, então, que nos
pertencíamos
e vivenciávamos um amor
 profundo e eterno.
💗
Nada dissemos; porém,
quero desculpar-me
e com este poema, confessar-te
mais uma vez, que te amo
de um modo intenso,
apaixonado e
absoluto.
💗💗💗💗
MajoDutra
     NOTA -  A minha composição poética foi feita inicialmente para participar no desafio de
      Blogagem Coletiva proposto semanalmente pela Professora Lourdes Duarte. Veja aqui                                                            Entretanto,  revi e trabalhei o texto.

Bem vindo Amigo/a.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

QUANDO A VOZ VALE OURO - II



PDomingo, RVillazón e Anna Netrebko no anfiteatro de Berlim,
em 2006, interpretam duas árias. Só há a tradução da 2ª - Aqui
~~ A interessante história de Rolando Villazón ~~

Já relatei neste blogue, o modo como Rolando Villazón aderiu ao mundo
da ópera, sua voz foi descoberta porque cantava no duche.  Recorde, aqui
O cantor teve uma carreira fulgurante,  com o apoio de Plácido Domingo
e parceria com Ana Netrebko.  Passou, então, a ser sobremodo solicitado
pelas mais famosas casas operáticas.
⭐ ⭐ ⭐ ⭐ ⭐
Começou a ter problemas na voz em 2007, mas foi em 2009, que cancelou,
horas antes, um espetáculo no Met de NYork e depois todos os agendados.
Foi-lhe detetado um cisto interno nas cordas vocais.  Dos 15 médicos que o
observaram, nenhum lhe deu esperança de regressar aos palcos. Operado,
o cantor só desejava ter voz para cantar novamente no duche.
⭐ ⭐ ⭐ ⭐ ⭐
Afastado  um ano  em intensiva fase de reabilitação - como por  milagre -
recuperou  completamente. Nesse período começou a escrever e  decidiu
dedicar-se a outras áreas do espetáculo operático, após ter regressado às 
melhores  salas de ópera do mundo e voltado a cantar Mozart,  pretende
dedicar-se também à direção de palco e encenação.

«Um dueto excecional» 

Euronews ... 2017 ... Aqui

«A abordagem enérgica e apaixonada
de RVillazón»

Euronews ... 2018 ... Aqui

Outra fonte foi a entrevista
na Secção de Cultura do Jornal El País... Aqui
Foi nesta entrevista que soube que os fãs de ópera são
 tão apaixonados como os de futebol.

                              
                              

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

~~ DIA 6... COM SOPHIA...



Maria João Pires toca solo de Chopin num concerto
conduzido por Emmanuel Krivene,  um diretor da
Orquestra Nacional de França.


               

Viveu de          
6 de Novembro de 1919            
a           
 2 de Julho de 2004            
Em todos os dias 6 
de cada mês, encontrará uma homenagem neste espaço à
 grande Poeta portuguesa, comemorando o seu centenário.
~~ MUSA ~~
Aqui me
sentei quieta
Com as mãos sobre os joelhos
Quieta muda secreta
Passiva como os espelhos
Musa ensina-me
o canto
Imanente e latente
Eu quero ouvir devagar
O teu súbito falar
Que me foje de repente
⭐⭐⭐⭐⭐⭐
De Dual
1972
~~ O POEMA ~~
O poema me levará no tempo
Quando eu já não for eu.
E passarei sozinha
Entre as mãos de quem lê.

O poema alguém o dirá
Às searas

Sua passagem se confundirá
Com o rumor do mar com o passar do vento

O poema habitará
O espaço mais concreto e mais atento

No ar claro nas tardes transparentes
Suas sílabas redondas

(Ó antigas, ó longas
Eternas tardes lisas)

Mesmo que eu morra o poema encontrará
Uma praia onde quebrar suas ondas

E entre quatro paredes densas
De funda e devorada solidão
Alguém seu próprio ser confundirá

Com o poema no tempo
⭐⭐⭐⭐⭐⭐
Do Livro Sexto
1969

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

~~ AMANDO VINCENT ~~



 Vincent,  foi uma canção escrita e composta por  Don McLean  em 
1971,  em tributo ao pintor pós impressionista Vincent V Gogh, na
intenção de minimizar a comoção do seu suicídio nos estudantes. 

As personagens do filme Loving Vincent são os retratos que V Gogh pintou.
 A Paixão de Van Gogh (pt)...  foi indicado para o Óscar de 2018.
O filme animado foi escrito e editado pela polaca  Dorota Kobiela que
também é  pintora  e foi  amplamente patrocinado.  Foi realizado com
 obras de uma equipa de mais de 100 pintores  que executaram 65 000 
 quadros, em trabalhos a óleo sobre tela feitos com a técnica de VGogh.
É uma coprodução  polaco-britânica,  longa metragem com a duração
de 95 mn e foi lançado em junho de 2017 nos US, UK e Polónia. 
 O enredo adquire estilo policial, quando o filho do carteiro encarregado
pelo pai  de entregar a última carta de  Van Gogh ao irmão,  suspeita  de
assassinato  e inicia uma averiguação conversando com as pessoas  que
conviveram com o pintor.  Então,  vemos cenas sobremodo  inusitadas: 
 a casa amarela,  o café e todos os ambientes de Arles que  VGogh pintou,
ficam  animados,  assim como os seus  retratos que são as  personagens 
deste filme inesquecível.  Como é divertido ver o Dr Gachet sair da tela! 
 É pertinente lembrar que estes quadros estão espalhados e preservados 
em museus, galerias e coleções privadas de toda a Europa e USA.
⭐ ⭐ ⭐ ⭐ ⭐ ⭐ ⭐


Trailer

Armand Roulin, filho do carteiro

O filme completo dublado em português... Veja Aqui... 

O filme com o som original em inglês não está disponível no youtube...
... Está à venda...

Dr Gachet por Van Gogh
A filha do Dr Gachet
por V Gogh
A escritora e pintora, Dorota Korbiela


                    
                    

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

SOLIDARIEDADE COM MINAS GERAIS II

                                                                                                                                                  




1902 - 1987   

Foi  Getúlio Vargas,  logo no início do seu mandato em 3 de Novembro

de 1930, que entregou Itabira à avidez das multinacionais...  Dez anos 
depois  - em  1942 -   foi  formada,  a  companhia  «Vale  do  Rio  Doce»  
Com a construção da barragem para a lavagem do minério, a fazenda
do  Pontal,  com a habitação dos  Andrades  à beira-rio,  foi inundada.
A casa foi desmontada pela companhia e reconstruída, 30 anos depois!

Casa da fazenda reconstruída, com estátua do Poeta

                    ~~ O  maior  trem  do  mundo ~~                                                                💧💧
                         O maior trem do mundo
                         leva minha terra
                         para a Alemanha
                         leva minha terra
                         para o Canadá
                         leva minha terra
                         para o Japão.
                              💧💧   
                        O maior trem do mundo
                        Puxado por cinco locomotivas a óleo diesel
                        engatadas, geminadas, desembestadas
                        leva meu tempo, minha infância, minha vida
                        triturada em 163 vagões de minério e destruição.
                           💧💧 
                        O maior trem do mundo
                        transporta a coisa mínima do mundo,
                       O meu coração itabirano.
                       💧💧
                       Lá vai o maior trem do mundo
                       vai serpenteando, vai sumindo
                       e um dia, eu sei, não voltará
                       pois nem terra nem coração existem mais.       

                                                 Publicado no jornal, O Cometa Itabirano, 69, 1984
Montanhas de Minas Gerais

Drummond de Andrade  nunca desistiu de lutar por Itabira,
palavra arborígene composta por ita, pedra, e bira, brilhante,
a hematite que dá cor vermelha ao solo das Gerais.
~~ Lira Itabirana ~~

O rio? É doce.                                                           
    A Vale? Amarga                                                           
  Ai, antes fosse                                                             
   Mais leve a carga.                                                       
                                                                  Entre estatais   
                                                                    e multacionais   
                                                                 quantos ais!    
      A dívida interna                                               
 A dívida externa                                           
 A dívida eterna                                              

   Quantas toneladas exportamos
   De ferro?                                              
   Quantas lágrimas disfarçamos  
         Sem berro?                                                
                                   Jornal O Cometa Itabirano, 58, 1983                            
Montanhas de Minas Gerais
        
             MAIS FOTOS... AQUI
         Clique para obter a galeria.