Direitos autorais

************************ Sobre direitos autorais, agradeço que consulte o que consta no rodapé ************************

28 dezembro 2021

~~ BOAS FESTAS ~~

    Que o novo ano nos proporcione, mais saúde, ânimo e esperança! ... 



))) Respondi individualmente aos vossos comentários (((

                                                                                                                                                                                                                                                                                    
                                                                                                                                                                                                                                                                                    


~~ Publicado a 17 de Dezembro de 2 021 ~~
* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *


Adoração dos Pastores - Josefa de Óbidos - 1 669 - Museu Nacional Arte Antiga

 ~~~ Luminária do Mundo ~~~

 No Natal, como sempre se fazia,

Amo louvar-Te enchendo de amor

Todos os meus espaços, na alegria

Sã de vivenciar, ó Salvador,

Teu terno Natal, chama luzidia

Dos pastoris olhares. Onde for,

Canto e proclamo: nada deveria

 Pretender ofuscar Teu resplendor!

                                                            MajoDutra

Que o Espírito de Natal não morra com a pandemia, facto que realmente
mergulharia o Mundo em profunda tristeza. A sua luz infunde esperança
e ânimo em todas as situações, por mais difíceis e tristes que sejam.

))) PAZ E AMOR (((

... BOM ANO NOVO ...

~~~ Abraços cordiais ~~~

  ... EM PAUSA ... 

((((((0))))))0((((((0))))))0((((((o))))))

14 dezembro 2021

~~ NATAL ESPECIAL ~~


... NATAL BRANCO ... 

***  CANÇÕES DE SEMPRE ***   
... Filme de 1954 ...

 ***************************

 ... Inesquecível! ... 


COM  AS  ALTERAÇOES  CLIMÁTICAS
SERÁ  QUE  VAI  CONTINUAR  A  ACONTECER  NA  NOSSA  ESTRELA?
... Clique ...
Marco geodésico
 ... Clique ...

09 dezembro 2021

* SARAMAGO E OS DIREITOS HUMANOS *


 ))) O 'blog' é apolítico. Presto homenagem ao talento e dedicação à escrita (((

 ~~ CENTENÁRIO DE JOSÉ SARAMAGO ~~ 


... Carlos Paredes, mestre da guitarra portuguesa ...

DIA INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS *
    ))) 10/12 ((( 
  ... Pilar del Rio leva à corte sueca o leque espanhol e o cravo vermelho, símbolo de Portugal ...   


 ** DESTAQUE DO 'DISCURSO DO BANQUETE' DE ESTOCOLMO **
                                                                                                                                                                                                                                                                                                  
 ... Prémio Nobel da Literatura 1998 ...
                                                                                                                                                                                                                                                    

      «Cumpriram-se hoje 50 anos sobre a  Declaração Universal  dos  Direitos Humanos.
...  ...  ...  ...  ... ...
       Neste meio século não parece que os governos tenham feito pelos direitos humanos tudo aquilo a 
       que moralmente estavam obrigados.  As injustiças multiplicam-se,  as desigualdades agravam-se, 
       a ignorância cresce, a miséria alastra.
     *
       A mesma esquizofrénica humanidade capaz de enviar instrumentos a um planeta para estudar a 
       composição  das  rochas,  assiste  indiferente  à  morte  de  pessoas  pela  fome.   Chega-se  mais 
       facilmente a Marte do que ao nosso próprio semelhante.
     *
       Alguém não anda a cumprir o seu dever.  Não andam a cumprir os governos,  porque não sabem, 
       porque não podem, ou porque não querem. Ou porque não permitem aquelas que efectivamente 
       governam o mundo,  as empresas multinacionais e pluricontinentais cujo poder,  absolutamente 
       não democrático,  reduziu a quase nada o que ainda restava do ideal da democracia. 
     * 
       Também  não estão a cumprir os seus deveres os cidadãos que somos.  Pensamos que nenhuns 
       direitos poderão subsistir sem a simetria dos deveres...  e que não é de esperar que os governos 
       façam nos próximos 50 anos o que não fizeram nestes que comemoramos.
       Tomemos nós,  cidadãos comuns,  a palavra.  Com a mesma veemência com que reivindicamos
       os direitos, reivindiquemos também o dever dos nossos deveres. 
          Talvez assim o mundo possa ser um pouco melhor.»

     ... * ... * ... * ... * ... * ...

 Vinte anos mais tarde, em Abril de 2018, a
 'Carta Universal  dos Deveres e Obrigações dos Seres Humanos'
 inspirada neste discurso de Saramago, foi entregue à ONU por iniciativa promovida pela viúva,
 Pilar del Rio, presidente da Fundação José Saramago e pela Universidade Autónima do México.
Analisada e aprovada em comissões, foi entregue a António Guteres para ser difundida a fim de
ser estudada em pormenor.

~~ 1 922 -- 2 010 ~~

02 dezembro 2021

~~ TANGO -- CAMIÑITO ~~

 

 ~~ O Tango é celebrado no mundo a 11/12 ~~

... No data de aniversário de Carlos Gardel  ...

... Património Cultural Imaterial da Humanidade ...

 

~~ Carlos Gardel ~~
1890 - 1935
 Foi o mais famoso compositor e cantor de tango argentino,
A ele se deve a divulgação deste canto e dança a nível mundial.
Os tangos que interpretou são ainda admirados e
dançados em todos os países que apreciam danças de salão.
Faleceu precocemente num acidente de aviação,
a sua morte provocou intensa comoção nacional.

  ~~ Um conto verídico ~~

  Era menina, ainda brincava com bonecas, num tempo em que ainda se apreciava ouvir rádio,
pelo  que,  o aparelho estava ligado todo o dia.  Antes da  'era yé-yé'  ouvia-se muito a música
  romântica e havia alguém na emissora que gostava particularmente deste tango, de modo que
o transmitiam frequentemente.
Comecei por me sensibilizar com o tom magoado e triste de Gardel e depois a tentar perceber
o que ele dizia.  Fizesse o que fizesse - muitas vezes com a boneca no colo -  ficava imobilizada
escutando,  mas não chegava para compreender as palavras espanholas.  Então, passei a ir, pé
ante pé,  em pezinhos de lã,  encostar o ouvido a um dos autofalantes do rádio e foi assim que  
descobri que num deles ouvia a voz e no outro,  a música.  Era estereofónico,  o que facilitou  o 
meu intento. Acabei por fixar as duas quadras do estribilho.
Chegado o grande momento, perante minha mãe revelei a minha proeza, só para a ouvir dizer: 
-- Não quero que 'cantes essas cantigas' -- não são para meninas!...
Ficava sempre perplexa, mas divertida por 'saber coisas' de pessoas crescidas...
                                                                                                              MajoDutra

))))) Camiñito, a rua-museu (((((

      

                

    
Fotos da Wiki... Clique...

 Foi circulando pela INTERNET que descobri que havia uma rua-museu em
 Buenos Aires  com o nome de Camiñito,  o tango de Gardel.  É um museu  a
 céu aberto em memória das origens de quem dança ao som do bandoneón.

26 novembro 2021

... FADO PORTUGUÊS ...

   

* 10 ANOS **

'PATRIMÓNIO  CULTURAL  E  IMATERIAL'
... DA HUMANIDADE PELA UNESCO ...
~~ Desde 27/11/2011 ~~

~~~ JOSÉ RÉGIO ~~~

))) Vila do Conde, 1901 - 1969 (((

... Tributo no 120º ano do seu nascimento ...

  

    José Régio reforma-se do ensino em 1 962, o disco sai em 1 965Contém também um 
    soneto de Camões e 'Gaivota' de A O'Neill.  Tudo leva a crer que J Régio escreveu para 
    Amália  a  pedido do compositor,  Alain Oulman,  como aconteceu com outros  Poetas.
... Vila do Conde - A réplica da Nau Quinhentista, é um museu desde 2 007 - File, Cliq ... 

Palácio Achaioli -- onde funcionou o antigo  Liceu Nacional  de
Portalegre, no qual José Régio lecionou durante 33 anos. Cliq.
 
 

 ...... O  poema  e  a  interpretação  de  Dulce  Pontes ...


~~~ Poderá ler o poema aqui. ~~~

18 novembro 2021

~~ CELEBRANDO O FLAMENCO ~~

  

**Património Cultural Imaterial da Humanidade**
... UNESCO ...
 ~~ Desde 16/11/2010 ~~

... Bailando o flamenco em Sevilha ...
A origem do  flamenco  é exclusivamente andaluza, apareceu a meio do sec XVIII como manifestação folclórica com influências  árabes,  judaicas  e  ciganas.  Sapateado,  castanholas,  estalidos  de  dedos,  as palmas,  apoio  e  aplausos  dum  coro,  são  características  frequentes. 
 
Porém,  o que mais impressiona nestas manifestações artísticas é o notável  salero:  o brio,  garbo,  galhardia com que são executadas na minha opinião inimitáveis.  Salero provém de sal,  o que  dá gosto. Atualmente é praticado em todo o mundo, mas é o Japão que possui mais escolas... mais do 
que Espanha!

~~ Baile acompanhando a orquestra na 'Suite Andalucia'~~
~~ Telas de Fabian Perez ~~

11 novembro 2021

~~ Ó P E R A ~~


... 'E  LUCEVAN  LE  STELLE' ...
O Castelo de Sant'Angelo, Roma, era uma prisão no séc XIX.. É o lugar escolhido pelo autor 
para o último ato desta ópera.  Tosca atira-se do alto do castelo.  A foto é da Wikip. Clique.
~~~ ************ ~~~
«luziam as estrelas» é uma das árias mais dramáticas. e emocionantes do repertório operático.
com composição musical de Giacomo Puccini para a peça A Tosca. A ópera estreou-se em 1 900, 
numa fase de grandes convulsões sociais, entre a monarquia,  socialistas e anarquistas.  O enredo 
passa-se na Roma de 1 800. Napoleão dominava a Europa e invadiu a Itália.
Mario Cavaradossi é um pintor socialista, apaixonado por Floria Tosca,  uma artista de ópera com
quem tem uma relação.  O vilão da história, para nós, é o barão Vitello Scarpia, chefe de polícia. Não 
seria para a rainha que assistiu à estreia...  Scarpia deseja Floria Tosca. O pintor é preso, torturado e 
é depois desse sofrimento que canta a ária.
 ópera é trágica, tem cenas chocantes, mas Puccini compôs-lhe árias românticas muito belas.  
 ~~~ POR  DIFERENTES  GERAÇÕES ~~~
 
 Por 'The Platin Tenors'...  Sem legendas... 
(Eis por que ARieu não precisa praticar academia, nem tem rugas!: ))  

Por Jonas Kaufmann
~~ Legendado em francês e português ~~

... A estreia de Piero Barone nos seus 22 anos ...
~~ Legendado em espanhol ~~

A ária deve ser cantada por um tenor 'spinto' capaz de expressar-se em tons elevados líricos
e sons fortes, mais graves ou pesados.
Todos os tenores célebres cantaram esta ária,  por vezes com a idade, a voz muda
 e o canto torna-se menos belo.

06 novembro 2021

~~ A CECÍLIA MEIRELES ~~

 

~~ 120 ANOS COM A ILUSTRE POETA ~~

Da Bachiana Brasileira nº1,  de Villa-Lobos - Prelúdio -  Ária 'Modinha'
 ... Heitor Villa-Lobos e Cecília Meireles foram contemporâneos ...
A Poeta chegou a aprender canto, violino e violão.


Cecília Benevides de Carvalho Meireles
~~ Rio de janeiro, 7/11/1901 -- 9/11/1964 ~~ 
   Notabilizou-se como pedagoga, poetisa e tradutora
Teve papel relevante na educação e cultura do seu tempo. 
Descendente de portugueses, seu prestígio foi internacional. Traduziu várias línguas, incluindo russo, chinês, hebraico, sânscrito, hindi e seus dialetos, sendo premiada pela Índia.
Uma vida dedicada às Letras desde menina, permitiu que
escrevesse no Parnasianismo, Modernismo e Simbolismo.

 Não é fácil selecionar textos para uma homenagem à Poeta, porque eles estão espalhados pelos
livros escolares,  ainda ensinando aos estudantes brasileiros o que é Poesia e como escrevê-la.
Assim, a minha preferência baseou-se especialmente em afinidades afetivas.

 ~~ Motivo ~~
* * * * * * * * * * * * * * * * *
«Eu canto porque o instante existe
a minha vida está completa.
não sou alegre nem triste,
sou poeta.»
Esta lengalenga constava do livro de textos de Língua Portuguesa do 3º ano de minha filha, 
pelo que, tenho por ela muita ternura e desperta-me grande saudade da sua infância. 

~~ Jogo da bola ~~
* * * * * * * * * * * * * * * * *
A bela bola
rola:
A bela bola do Raul.
o
Bola amarela a da Arabela,
a do Raul,
azul.
o
 Rola a amarela
e pula a azul.
o
A bola é mole,
é mole e rola
o
A bola é bela,
é bela e pula.
o
É bela, rola e pula,
é mole, amarela, azul.
o
A de Raul é de Arabela,
a de Arabela é de Raul.
Gosto deste poema marítimo, em que autora lembra os seus genes das ilhas portuguesas dos Açores
-- «porque isto é mal de famíliaser de areia, de mar, de ilha...»

~~ Beira-mar ~~
* * * * * * * * * * * * * * * * * 
«Sou moradora das areias  
 de altas espumas: os navios 
passam pelas minhas janelas 
como o sangue das minhas veias,
como os peixinhos nos rios... 
*
Não têm velas e têm velas
e o mar tem e não tem sereias:
e eu navego e estou parada,
vejo mundos e estou cega,
porque isto é mal de família,
ser de areia, de mar, de ilha...
E até sem barco navega
quem para o mar foi fadada.
*
Deus te proteja, Cecília
que tudo é mar e mais nada.» 
Embora a autora tenha afirmado que não era alegre nem triste, perpassa por toda a sua poesia de
adulta, uma melancolia triste contida, mas perfeitamente sentida e comovente...

 ~~ Epigrama nº 3 ~~
* * * * * * * * * * * * * * * * *
«És precária e veloz, Felicidade.
Custas a vir e quando vens, não te demoras.
Foste tu que ensinaste aos homens que havia tempo
e, para te medir, se inventaram as horas.

Felicidade, és coisa estranha e dolorosa.
Fizeste para sempre a vida ficar triste:
porque um dia se vê que as horas todas passam 
e um tempo despovoado e profundo, persiste.»
A escritora titulou-se 'poeta', porém, a verdade é que a sua escrita é bastante feminina.

~~ De 'Canção' ~~
* * * * * * * * * * * * * * * * *
«De longe te hei-de amar
da tranquila distância
em que o amor é saudade
e o desejo constância.»
O séc XX iniciou-se com a auspiciosa instalação da luz elétrica nas cidades.  Creio que o
mundo cria que se iniciava um novo ciclo civilizacional, o que realmente aconteceu mais 
a nível tecnológico, porém, nesse novo mundo iluminado, a década deu à luz uma ilustre 
plêiade de autores ilustres em Língua Portuguesa, que marcaram a cultura do seu tempo, 
expressando-se também  pela poesia. 
De 1 901, sã0 José Régio, Cecília Meirelles e Vitorino Nemésio.  Seguiram-se Drummond 
de Andrade, João Gaspar Simões, Pedro Homem de Melo, Mário Quintana, Miguel Torga 
e de Cabo Verde, Jorge Barbosa, Lopes da Silva e Manuel Lopes. 
Escritores que são marcos na História da Literatura. 
MajoDutra