Direitos autorais

******************************************* Sobre direitos autorais, agradeço que consulte o que consta no rodapé.*******************************************

domingo, 31 de outubro de 2021

*HOMENAGEM À IDADE E À POESIA*


... MEDITANDO NA TERCEIRA IDADE ...


... Poesia de Mário Quintana, núsica de 'Somewhere in Time' ...

Foi a faixa etária que mais sofreu nestes anos de pandemia, pelo stress, pelo isolamento  
solidão. falta de consultas e exames de rotina. Falhas que incluíam procedimentos de 
diagnóstico de câncer, naquela que foi a grande mobilização de médicos que trabalharam 
nas UCI, enfermarias, doentes nos domicílios e presidindo aos blocos de vacinação.
A prioridade foi o controlo da pandemia, mas muitos morreram por falta de assistência.

O meu amigo faleceu no passado sábado  e foi uma bênção pois já estava a sofrer muito.

))) A TODOS OS BRASILEIIROS E POETAS DO BRASIL (((
 
... O seu Dia Nacional de Poesia é a 31/10 ... 

 
Foi em Itabira, Minas Gerais, que em 1 902 nasceu  Carlos Drummond de Andrade que viria 
a ser um insigne poeta, um dos escritores mais célebres do  Brasil neste género literário.
 O Dia Nacional da Poesia do Brasil foi fixado na data do seu nascimento.

... Além da terra, além do céu ...
**********************************
Além da terra, além do céu,
no trampolim do sem fim das estrelas,
nos rastros dos astros,
na magnólia das nebulosas.
Além, muito além do sistema solar,
até onde alcançam o pensamento e o coração,
vamos!
Vamos conjugar
o verbo fundamental essencial,
o verbo transcendente, acima das gramáticas
e do medo e da moeda e da política,
o verbo sempreamar,
o verbo pluriamar,
razão de ser e viver.
* * * * *
Drummond de Andrade
Amar se Aprende Amando

          
~~ Um instante ~~
***************************
Aqui me tenho
Como não me conheço
nem me quis
sem começo
nem fim
aqui me tenho
sem mim
nada lembro
nada sei
à luz presente
sou apenas um bicho
transparente.

... Na foto, Ferreira Gullar acaba de receber o prémio Camões ...  

47 comentários:

  1. A terceira idade sofreu sobretudo com o peso da solidão, o mais terrível de todos os males.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Uma terceira idade que deveria ser melhor assistida, mas no Brasil é relegada a terceiro ou quinto plano. Sua observação sobre a pandemia, se fez presente aqui onde a dor não tem razão. Como se diz comeram o pão que o diabo amassou e muitos não tiveram chance de conhecer os devidos cuidados. Solidariedade à sua perda, e superação desta dor pois que a perda ainda é um terror em nossas vidas.
    Bela escolha de Drummond e Ferreira Gullar para homenagear o dia do poeta no Brasil.
    Itabira agradece.
    Meus sentimentos amiga.
    Beijo e paz

    ResponderEliminar
  3. Bem lembrado o tema da terceira idade na pandemia. Triste mesmo e aqui, inclusive, perdi minha mãe nesse perído da pandemia, sem nem poder ter estado com ela por meses... E como nós, tantos outros... Bela lembrança e homenagem aos poetas também! beijos, lindo dia! chica

    ResponderEliminar
  4. Olá, amiga Majo!
    Belíssimo post aqui nos presenteia!
    A chamada terceira idade, é sempre a mais vulnerável em todos os contextos. Pela sua própria natureza, idade avançada, e na esmagadora maioria, com várias debilidades na sua saúde, devem por esse motivo, merecer toda a nossa atenção e cuidado.

    Excelente poema de Drummond de Andrade!

    Parabéns, por esta homenagem, bem merecida

    Continuação de uma excelente semana!
    Beijinhos com carinho e amizade.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde Majo,
    Muito bem lembrado o dia Mundial da Terceira Idade com esse magnífico poema "O tempo" de Mário Quintana!
    Também do que essa faixa etária passou durante a Pandemia como todos infelizmente sabemos.
    Merecidíssima homenagem aos Poetas do País irmão que celebram seu dia em 31.10.2021 apresentando dois excelentes Poetas.
    Um post magnífico!
    Um beijinho,
    Ailime

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde Majo, adoro esse poema "O tempo" de Mário Quintana! Parabéns pela escolha. Achei oportuna e adequada a homenagem aos Poetas do além mar que celebram seu dia em 31 de outubro.
    Quanto aos velhos, (sou dessa turma, tenho 72) digo apenas isso: não se contentem com infantilizações, grupinhos de melhor idade, festinhas para os idosos, blusinhas amarelinhas, (inhas e mais inhas) e outras baboseiras mais. Tudo bem desbotadinho, rsrs. Exijam seus direitos, uma aposentadoria decente que lhes permita viver com dignidade. O resto é paliativo, papo furado. Parabéns pelo post.
    -
    Blog da Marli
    -
    Bjs, Marli

    ResponderEliminar
  7. Um post com belas e merecidas homenagens.
    Gostei.
    Beijo, querida amiga Majo.

    ResponderEliminar
  8. Majo,
    Mulher,
    Como você é vanguarda!
    Adoro suas publicações,
    faz o sangue da gente correr
    mais rápidos nas veias.
    Obrigada por
    essas alegrias.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  9. Bello poema y la edad nos afectara a todos. Debemos ser compresivos con nuestras ancianos. Te mando un beso.

    ResponderEliminar
  10. Muy lindo amiga, dichosos los que han llegado a la tercera edad. Saludos.

    ResponderEliminar
  11. Um tema que não deve ser esquecido... Há ainda muita coisa a fazer... Também gosto muito de Carlos Drumond de Andrade e temos que rever a razão de ser e viver.
    Obrigada pela partilha.
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  12. A Terceira idade aqui homenageada e lembrada, pois é sempre tão esquecida e tantas vezes vítima de maus tratos até pela própria família. Gostei dos poemas que escolheu. Sou grande admiradora da poesia que se fez e faz no Brasil. Tenho muitos autores que leio com alguma frequência. Sempre a escolher os momentos certos, minha Amiga Majo.
    Tudo de bom para si.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  13. Bom dia. Belas homenagens com sua escolha tão precisa com o poema de Drummond sobre o tempo. Penso que a Pandemia mais uma vez trouxe aos idosos um grande peso pelo isolamento e por questões de doenças que os tratamento não deveriam ser interrompidos por falta de políticas públicas sérias.
    A interação social promovida, como paliativo, trazia e traz um novo respiro, mas sabemos que manter a dignidade humana passa pelo acesso aos direitos.
    A poesia me acompanha e celebrar este dia é reconhecer a sua importância.
    Bjsss

    ResponderEliminar
  14. Linda homenagem Majo
    adorei ler essas poesias
    os idosos tiveram e continuam a ter momentos de solidão, e de tristeza acentuados
    pela maldita pandemia, triste para todos nós, e Deus queira que fique pelos menos controlado
    Um abraço e bom fim de semana

    Será que desta família saiu esse grande poeta ?!
    "...a família Andrade de Portugal e do Brasil descendem de ​Nuno Freire de Andrade, mestre da Ordem de Cristo, que viveu nos primeiros anos do século XIV...."

    ResponderEliminar
  15. Olá, Majo!

    Realmente a terceira idade sofreu muito com os efeitos da pandemia. O medo do contágio, a saudade da família... Eu sinto muito por seu amigo.

    Fez uma ótima escolha, dois grandes nomes da poesia Brasileira.

    Um abraço com carinho,
    Sônia

    ResponderEliminar
  16. Olá Querida Majo,
    Excelentes as suas escolhas para homenagear este dia tão singular, nota-se o cuidado especial que a Majo tem com os outros e a atenção aos pormenores.
    Gostei muito ♥
    Votos de um fim-de-semana muito feliz.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  17. Que linda e merecida homenagem, Majo.
    Parabéns pela postagem da qual gostei imensamente.
    Lindo vídeo escolhido.
    Tenha um excelente fim de semana.
    Um carinhoso abraço.
    Verena.

    ResponderEliminar
  18. Olá querida Majo
    A terceira idade sempre tão sofrida e negligenciada mas aqui lindamente homenageada
    E pelo Nacional da Poesia no Brasil dois ícones admiráveis
    Uma reverência lindamente evidenciada minha amiga
    Grande beijo e um caloroso abraço

    ResponderEliminar
  19. Estimada Majo, después de unos días de inactividad retomamos las visitas a los amigos.
    Publicaciones como estas son muy de agradecer.
    Precioso vídeo elegido.
    Un fuerte abrazo y buen fin de semana.

    ResponderEliminar
  20. Homenagens lindas e bem lembradas.
    Ainda ontem estava a conversar sobre os transtornos e diferenças que a pandemia nos trouxe. Aprendizados com dores e despedidas, forças adquiridas com clamores e perseveranças... Medos e dribles enfrentados com muita garra...
    Enfim, o meu abraço neste sábado.

    ResponderEliminar
  21. As pessoas idosas carecem de ser ajudadas e acompanhadas, até porque acabam por ficar isoladas com o passar do tempo e a tornar-se solitárias.
    O Brasil celebra, atualmente, o Dia da Poesia, em 31 de outubro. Tal efeméride resulta de uma alteração com força de lei, relativamente à data anterior, que se comemorava em 14 de março, data do aniversário do poeta Castro Alves.
    Abraço amigo.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  22. Um caso muito sério, muito triste, muito problemático no Hoje que vai seguindo.
    O que falta? Tempo? Talvez. Falta de condições familiares? Talvez.
    MAS FALTA SOBRETUDO AMOR!
    Olhos perdidos, vazios, frios...
    Deixe-me o refrigério dos poetas que mencionou e não só, porque o Brasil é um país de poetas imensos.
    Um grande post. como já nos habituou
    Beijinho, Majo e saúde

    ResponderEliminar
  23. Os poetas são uns entes
    Cuja graça deu-lhes Deus
    De serem mais almas em seus
    Corpos de animais doentes.
    Sendo almas, são carentes
    De muito amor como elo
    Que liga o humano ao belo
    Sentimento que é divino.
    O poeta é um menino
    Que cresceu, mas a alma não ew
    Por isso os poetas são
    Deuses com outro destino.

    Como é difícil considerar poeta um ser humano, meus Deus! Mário Quintana eu o sinto o ser ter sido...
    Parabéns pela bela postagem, Majo! Também postei. Abraço fraterno. Laerte.

    ResponderEliminar
  24. Um bom lindo domingo de feliz semana com poesia Majo.
    Meu terno abraço de paz.
    Beijo

    ResponderEliminar
  25. Tocante, querida Majo, principalmente o vídeo de Quintana, brotou lá do fundo de sua alma, parece que estou vendo ele declamar, meio sofrido...meio amargurado.
    Homenagem belíssima, amiga,
    beijinhos! Um feliz domingo.

    ResponderEliminar
  26. Hola Majo, hermosa entrada y homenaje a estos poetas en el día de la poesía en tu país.
    Me ha encantado el poema del primer poeta.
    Un abrazo y que pases un bonito domingo.

    ResponderEliminar
  27. Bom dia:- A minha mãe ( 88 anos ) foi levada pela maldita pandemia. Só falar dela (pandemia) me arrefece a alma e o coração
    .
    Tenha um domingo de Halloween muito feliz.
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Incrível!
      Não percebeu que estou de luto?!
      ~~~~~~

      Eliminar
  28. Beautiful poems from these poets. Have a wonderful Sunday.

    ResponderEliminar
  29. Olá, amiga Majo.
    Passando por aqui, relendo este belo e sentido post que muito me sensibilizou, com o qual sou solidário.
    E desejar um bom resto de domingo, e ótima semana!
    Beijinhos com carinho e amizade.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  30. Olá, Majo

    Dois grandes poetas que eu muito admiro:

    Drummond de Andrade e Ferreira Gullar, que
    representam na perfeição a Poesia no
    Brasil, bem como no mundo lusófono.

    Lamento imenso a morte do seu amigo. Realmente,
    na pandemia as doenças crónicas e terminais
    foram descuradas. Muito sofrimento!
    Beijo
    Olinda

    ResponderEliminar
  31. Muito bom, Major, muito bom!

    Boa semana!

    ResponderEliminar
  32. Uma excelente publicação para comemorar o dia mundial da terceira idade.
    Abraço, saúde e feliz Novembro

    ResponderEliminar
  33. No tengo el honor de conocer a esos dos grandes poetas, pero admiro tu escrito como recuerdo en un día que se rinde homenaje a la poesía y a la tercera edad.
    ¡Dediquemos una oración por todos aquellos que nos han dejado durante el confinamiento!
    Cariños.
    kasioles

    ResponderEliminar
  34. ¡Holaa, qurida Majo!

    Qué preciosidad de entrada, te felicito por ello, quiero decirte que he disfrutado mucho viendo y leyendo el poema del vídeo, es la vida misma, perdemos mucha cosas importantes por el camino que recordamos cuando ya no nos queda tiempo de rectificar. ¡Es verdad cuantas cosas cambiaríamos si tuviésemos otra oportunidad! Pero no, no hay otra. Dijo un escritor poeta no recuerdo quien, pero recuerdo algunas frases, me quedé con ellas. Mecía si tubera más tiempo viviría más y dormiría menos, entre otras frases que se refería al tiempo que perdemos dándole mucha importancia a cosas que no tienen. Pero no hay vuelta atrás.
    Es un verdadero placer leerte, amiga, nos muestras siempre lo mejor de los grandes poetas. Ellos nos enseñan a pensar en la realidad de la vida y como crear poesía.
    Un abrazo y mi inmensa gratitud y estima, sueña bonito y se muy muy feliz, vive la vida, aunque te duela el alma, tenemos una sola y pasa muy de prisa.

    ResponderEliminar
  35. Muy conmovedor recuerdo.
    Me uno a tu bello homenaje.
    Un beso.

    ResponderEliminar
  36. Quintana, Drummond, Gullar... que magníficas escolhas! Meu abraço, amiga; espero que já estejas melhor e que o Coração do Universo te ampare e caminhe a teu lado. Boa semana!

    ResponderEliminar
  37. Te felicito por estas duas belas e significativas homenagens.
    À Poesia e aos poetas brasileiros, particularmente a dois vultos incontornáveis, Drummond e Gullar!
    Permite que me associe honrosamente a esta tua homenagem, e registe com o meu aplauso este gesto tão nobre!

    "Poesia é algo que nos toca e faz levitar
    como se alguém em entrasse dentro de nós
    apenas para descansar a alma
    e lá ficasse para sempre!"

    Votos de uma feliz semana.
    Um abraço!

    ResponderEliminar
  38. Uma bela homenagem, que só nesse instante estou lendo e gostei muito. Muitas vezes, por diversas questões não tenho o hábito diário de visitar os blogs amigos.

    Um abraço. Tudo de bom.
    APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

    ResponderEliminar
  39. Querida Majo, faz sempre umas bonitas homenagens, onde como acréscimo ainda nos ensina muito. :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  40. Olá, amiga Majo.
    Passando por aqui, esperando que esteja tudo bem consigo, e desejar a continuação de ótima semana.
    Beijinhos com carinho e amizade.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  41. Linda homenagem querida amiga Majo, deixo também meus sentimentos pela perda de seu amigo, sempre nos afeta todos os tipos de sofrimentos, os idosos sempre sofrem mais, baixa imunidade, muitas outras desventuras!
    Abraços apertados querida amiga!

    ResponderEliminar
  42. Muy bonito homenaje. La poesía de Carlos Drummond de Andrade es un auténtico canto de amor, la palabra clave para todas las cosas.Una preciosidad.
    Abrazos,Majo.

    ResponderEliminar
  43. DEIXO-VOS UNS ''QUINTARES'' INTERESSANTES...

    «Tempo
    Coisa que acaba de deixar a querida leitora um pouco
    mais velha ao chegar ao fim desta linha.»

    «Há uns que morrem antes; outros depois.
    O que há de mais raro, em tal assunto,
    é o defunto certo na hora exata.»

    «Ah, sempre que se sonha alguma coisa
    tem-se a idade do tempo em que a sonhamos:
    Me esqueci do futuro...

    MUITO RECONHECIDA PELA VOSSA COLABORAÇÃO NESTA SIMPLES HOMENAGEM.

    AGRADEÇO DE 💛 O VOSSO APREÇO PELO MEU TRABALHO E SENSIBILIDADE.

    OS MINUTOS, HORAS, DIAS VÃO PASSANDO E NOSSA IDADE AVANÇANDO...

    INEXORÁVELMENTE... PARA TODOS...

    A CADA UM, O MEU ABRAÇO CORDIAL.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  44. A terceira idade tal como a infância precisa de muito carinho no seu cuidar! Gosto muito das suas escolhas! Bj

    ResponderEliminar

~~~~~~~ 💛 ESTIMADO LEITOR 💛 ~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~ Depois de colocar o seu comentário,
~~~~~~ aceda a «mensagem antiga»
~~~ e leia a que habitualmente lhe deixo.
~~~~~ ~ ~ ~ ~ Muito obrigada... ~ ~ ~ ~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~-~~~~~