sexta-feira, 22 de setembro de 2017

A PABLO NERUDA - II

  Que repouse em paz. 

Porque sou firmemente defensora dos Direitos Humanos...

 O Poeta deixou-nos há 44 anos, cerca de duas semanas depois do horrível
e sinistro golpe de estado chileno, dirigido pelo, então, comandante chefe
do exército que instituiu uma ditadura militar,  numa repressão ferocíssima.
 Páginas intensamente funestas e ignóbeis da recente História Universal.

 Continuação da homenagem iniciada há um ano...
~~~ Aqui ~~~


Extrato do livro de Isabel de Allende, A Casa dos Espíritos.

«O Senador era seu inimigo ideológico, mas recebera-o muitas vezes em casa
e sabia de cor os seus versos. Apareceu no velório em rigoroso traje de luto,
com a neta que levava na mão um ramo dos primeiros cravos da temporada,
vermelhos como sangue. O pequeno cortejo percorreu a pé, lentamente, o
caminho do cemitério entre duas filas de soldados que faziam alas nas ruas.
As pessoas iam silenciosas, mas logo alguém gritou roucamente o nome do
Poeta e uma só voz saída de todas as gargantas respondeu:
- Presente! Agora e sempre!
Foi como se tivessem aberto uma válvula e toda a dor, o medo e a raiva
daqueles dias saíssem dos peitos e rodassem na rua e subissem em clamor
terrível até às nuvens negras do céu.Outro gritou: «Companheiro Presidente!»
E responderam todos num só lamento, pranto de homem: «Presente!»
A pouco e pouco o funeral do Poeta transformou-se no ato simbólico
de enterrar a liberdade.»

 Continua


~~ Disposiciones ~~.
... ... ...
todas las llaves húmedas de la tierra marina
conocen cada estado de mi alegria,
saben
que alli quiero dormir entre los párpados
del mar y de la tierra.

Quiero ser arrastado
hacia abajo en las lluvias que el salvage
viento de mar combate y dsmenuza
y luego por los cauces subterráneos,
seguir hacia la primavera profunda que renace

Abrid junto a mí el hueco de la que amo, y un dia
dejadla que otra vez me acompañe en la tierra.

 Canto general


~~ A minha tradução ~~
... ... ...
«todas as chaves húmidas da terra marinha
conhecem cada estado da minha alegria,
sabem
que ali quero dormir, entre as pálpebras
do mar e da terra...

Quero ser arrastado
para baixo nas chuvas que o selvagem
vento do mar combate e pulveriza
e logo pelos leitos subteraneos, seguir
para a primavera profunda que renasce.

Abri junto a mim, um lugar para a que amo e um dia
deixem-na que outra vez me acompanhe na terra.»

Disposições - Fim


Fontes das fotos - -B - C - D

19 comentários:

  1. Mais uma maravilhosa e sensível postagem.


    Beijos, bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Lindo teu post e tudo muito bem mostrado e cheio de sentimentos! beijos, lindo OUTONO por aí! chica

    ResponderEliminar
  3. Que bela homenagem a Pablo Neruda!

    "Confieso que he vivido" (Pablo Neruda). E eu acredito que ele teria vivido muito bem a sua vida!...

    Abraço,

    ResponderEliminar
  4. Um memorial eternizado em Pablo Neruda - o poeta do amor e pelo amor! Linda homenagem, Majo!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  5. Belo filme vi no ano passado com a sua história de vida , vida bo+emia em Paris....

    Bela homenagem.

    Neruda, para os 12 meses do ano.

    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Uma belíssima homenagem!
    Obrigada Majo e bj

    ResponderEliminar
  7. " Que descanse em paz " e que essa paz que tanto ambicionamos seja, pelo menos, uma pequena esperança no coração de cada um de nós. Infelizmente essa esperança vai desaparecendo, quando vemos dois loucos prontinhos para apertarem aquele terrivel botão.
    Não sabia que ontem tinha sido o dia dedicado à paz, Majo. Muito obrigada por te teres lembrado e assim teres avisado os teus amigos. Agradeço-te também a homenagem a Pablo Neruda que muito aprecio e todas as informações que sempre me dás aqui. Espero que estejas bem e que os teus dias sejam de paz. Beijinhos
    Emilia

    ResponderEliminar
  8. Uma excelente postagem de homenagem a um poeta que muito admiro.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  9. Um lindo memorial ao exímio Pablo Neruda aqui magnificamente homenageado
    Um feliz outono para ti e os teus
    Dias felizes plenos de amor
    Beijos da amiga
    Gracita

    ResponderEliminar
  10. Recorda novamente Pablo Neruda com um poema que qualquer poeta gostaria de ter escrito... Também li "A Casa dos Espíritos" de Isabel de Allende. Um livro magnífico.
    Que tenha um fim de semana descansado.
    Um beijo, minha Amiga Majo.

    ResponderEliminar
  11. Boa noite, queRida amiGa Majo!
    GoSto e ouço sempre músicas relaxantes... amei esta com as ondas do mar...
    Pela manhã, escuto de pertinho as marolas da lagoa e fico extasiada com tudo que podemos perceber e contemplar de maravilhas no universo doadas pelo Criador.
    O final da tradução é lindo demais... a vida segue e o amor nos alcança e inflitra todo nosso ser...
    Seja feliz e abençoada!
    Bjm de paz e bem

    ResponderEliminar
  12. Minha amiga: mais uma excelente postagem que presta(mais) um tributo ao homem e ao poeta intemporal.
    Bjo grato

    ResponderEliminar
  13. Uma bela justa homenagem a Dom Pablo Neruda, que li muito sua historia e posicionamento politico e viu implantar um regime de terror e maldade que perdurou anos comandada por Pinochet. Por um mundo de paz e poesia e que os direitos do ser sejam respeitados em toda sua extensão.
    Um vídeo fantástico Majo.
    Bom domingo Majo.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  14. Uma bela homenagem querida Majo! :) Beijinhos e boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  15. ~~~
    SEMPRE FOI ASSIM, PABLO NERUDA OU É AMADO OU ODIADO...

    MAIS ODIADO DO QUE AMAD0 - A INVEJA QUE HÁ DOS NOBÉIS!

    A MAIOR PARTE DAS PESSOAS SÃO INCAPAZES DE POREM DE LADO AS

    DIFERENÇAS POLÍTICAS E COMPREENDEREM E RESPEITAREM OS IDEAIS

    DEMOCRÁTICOS DE OUTRAS CONVICÇÕES.

    ESTE GOLPE DE ESTADO FOI UM ABOMINÁVEL EXTERMÍNIO, CUJA MEMÓRIA

    NÃO DEVE CAIR NO ESQUECIMENTO... FOI ESTE O REAL OBJETIVO DESTA

    POSTAGEM.

    GRATÍSSIMA AOS MEUS ESTIMADOS AMIGOS QUE COLABORAM E PARTICIPARAM.

    ABRAÇOS CORDIAIS.

    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  16. A tua sensibilidade atravessa os esquecimentos e as omissões dos homens, para fazer visível o que eles pretendem esconder. Neruda será sempre Neruda.


    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  17. Lembro-me perfeitamente do seu post sobre Neruda e digo o mesmo que disse na altura...adoro Neruda!
    "O carteiro de Pablo Neruda", um filme que vejo e revejo sem me cansar...
    beijinho

    ResponderEliminar
  18. Excelente postagem, Majo! A história e a poesia de um poeta brilhante.
    Beijinho.

    ResponderEliminar