terça-feira, 24 de abril de 2018

AQUELE DIA DE ABRIIL

    ***********************







   A Rapariga do País de Abril   
*********************************************
Habito o sol dentro de ti
descubro a terra aprendo o mar
rio acima rio abaixo vou remando
por esse Tejo aberto no teu corpo.
*
E sou metade do campo metade marinheiro
apascento meus sonhos iço velas
sobre teu corpo que de certo modo
é um país marítimo com velas no meio.
*
Tu és meu vinho. Tu és meu pão.
Guitarra e fruta. Melodia.
A mesma melodia destas noites
enlouquecidas pela brisa no País de Abril.
*
E eu procurava-te nas pontes da tristeza
cantava adivinhando-te cantava
quando o País de Abril se vestia de ti
e eu perguntava atónito quem eras.
*
Por ti cheguei ao longe aqui tão perto
e vi um chão puro: algarves de ternura.
Quando vieste ficou tudo certo
e achei achando-te o País de Abril.
~~ *** ~~
 Manuel Alegre               

Amigo/a, é dia de usar um cravo vermelho na lapela... leve um.

Caso queira recordar o 'post' do ano transato, veja aqui

  Como é doce a Liberdade!  

~~ 25 de Abril... Sempre! ~~

23 comentários:

  1. Tenha 10, quase 11 anos, lembro-me nas notícias no rádio.

    Beijo. Boa noite

    ResponderEliminar
  2. Esta é uma data que jamais será esquecida pelos irmãos portugueses. A Revolução dos Cravos melhor seria " Revolução da Liberdade" E que seja sempre reverenciada. Uma lindíssima homenagem minha amiga
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Querida Amiga, o 25 de Abil de 1974 foi um dia de júbilo pelo fim de 50 anos de ditadura... Clique em 'aqui', para ver o 'post' do ano passado.
    Abraço cordial.
    ~~~~

    ResponderEliminar
  5. Dia inesquecível! Acordaram-nos de noite: o irmão mais velho de uns amigos do meu filho, ainda miúdo, era tropa nessa altura e avisou a mãe de que "havia por ali alguma coisa". Ela telefonou-nos, pois, a meio da noite. Já ninguém dormiu.
    Foi bom saber que o que "havia por ali" era o que esperávamos! Bom 25 de Abril, Maja!

    ResponderEliminar
  6. Querida amiga, chego a me arrepiar...

    Foram dias foram anos
    a esperar por um só dia.
    Alegrias. Desenganos.
    Foi o tempo que doía
    com seus riscose com seus danos.
    Foi a noite e foi o dia
    na esperança de um só dia.

    São anos que não se esquece, 50 anos são muitas vidas...
    Beijo, querida Majo.

    ResponderEliminar
  7. Parabéns a todos os portuguese, que estão comemorando a grande vitoria da liberdade, da paz, que perdure para sempre.
    Que linda poesia esta que fala da espera pela libertação do opressor, emocionante.
    Parabéns especialmente a você, espero que tenhas um belo dia de comemoração.
    beijos mil.
    Léah

    ResponderEliminar
  8. Uma data com as lembranças amargas.
    Um dia para não esquecer e aqui bem lembrado num belo trabalho e partilha.
    Quando ouço Fado Tropical de Chico Buarque sinto o que foi o processo. A gente esta passando pelo processo plúmbeo e não muito se sabia de Portugal até a data.
    Lindo o simbolo da liberdade, da democracia Majo, levo meu cravo.
    Beijo querida amiga.

    ResponderEliminar
  9. Tinha dez anos.
    E guardo boas e más memórias.
    Prefiro esquecer os exageros e concentrar-me no que de bom daí resultou.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Manuel Alegre traduz muito bem o sentimento dos portugueses. 25 de Abril é uma data que sempre celebro com a imensa alegria de o ter visto acontecer. Viva a Liberdade!
    Levo um cravo vermelho, minha Amiga Majo.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  11. ... Vendo a sua bela homenagem, Majo!!!
    A liberdade tem sim, sabor doce e esperançoso...

    Com carinho e um abraço grande...

    ResponderEliminar
  12. "O 25 de Abril de 1974" é a PRIMAVERA DE PORTRUGAL. Pena que nas escolas não seja divulgado como devia...

    ResponderEliminar
  13. boa homenagem Majo,
    não tive tempo de arrumar a casinha blogue para colocar Abril, mais deverá acontecer um dia destes !
    beijinho
    Angela

    ResponderEliminar
  14. Como é DOCE e BELA a sua partilha!!!bj e obrigada

    ResponderEliminar
  15. Um excelente post para comemorar o dia da Liberdade. E um poema muito bonito.
    Abraço

    ResponderEliminar
  16. Bela homenagem, Majo! Eles mereceram-na. E nós também.

    Viva o 25 de Abril!

    ResponderEliminar
  17. Olá, Majo

    Uma homenagem à altura da importância deste dia em que festejamos a Liberdade.
    Muito obrigada.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  18. Nada de importante
    pode ser resolvido num só dia
    se antes
    alguém não se dê ao trabalho
    anos a fio

    Há os que já nem disso sabem
    Há os que nunca disso souberam
    Há os que tendo sabido, já esqueceram
    Há os que tendo sabido, tudo fizeram
    para que não se soubesse

    Mas também

    Há os que o fizeram
    Há os que o continuam fazendo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rogério, compreendo e concordo com o que referiu,
      mas entendo que neste dia de Abril, comemora-se a revolução
      e a reaquisição das liberdades fundamentais.
      Abraço.

      Eliminar
  19. Esse é o cara que faz
    o meu coração sorrir...

    Beijos de saudade da
    minha amiga.

    silvioafonso



    .

    ResponderEliminar
  20. QUERIDOS AMIGOS.

    COMOVE A VOSSA PARTICIPAÇÃO E SOLIDARIEDADE CARINHOSA.

    BEM-HAJAM... TERNOS ABRAÇOS.

    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  21. Maravilhoso, respirar os libertadores ares de Abril, através das suas escolhas, Majo!
    Magnifica homenagem aos capitães de Abril, que nos devolveram a democracia... já a liberdade... será sempre um processo em permanente vigilância, e conquista, para que não nos seja retirada...
    Beijinhos! Nos próximos dias, virei apreciar mais alguns posts por aqui, que se me escaparam, nestas últimas semanas...
    Ana

    ResponderEliminar