Direitos autorais

******************************* Sobre direitos autorais, agradeço que consulte o que consta no rodapé.*********************************

20 junho 2022

~~ MEDITANDO NOS REFUGIADOS ~~


~~~ NO SEU DIA MUNDIAL ~~~
 O Coro dos Escravos Hebreus é uma ária belíssima, da Ópera Nabuco de Giusepe Verdi.
O libreto foi escrito a partir de relatos bíblicos: do Rei Jeremias e do Rei Daniel. 
O rei da Babilónia,  Nabucodonosor,  ataca,  conquista,  faz os hebreus cativos e exila-os 
no seu país onde vivem como escravos. 
Na ária 'Vai Pensamento' eles falam das profundas saudades e da dor da pátria vencida. 
O canto expressa perfeitamente os sentimentos dos refugiados que se encontram longe 
do seu país,  da sua cultura,  dos seus costumes e tradições,  da sua língua materna...
 
~~~ Legendada em Inglês ~~~
>> Fotos de Jerusalém <<

 ~~ Em espanhol ~~

~~ Em Português ~~
     
~~~ Para aceder às notícias, clique sobre os títulos ~~~
 - 
-
 -
 -
-
... Um campo de refugiados na Jordânia iluminado a energia solar ... Um luxo ...
... Ao fundo ainda estão às escuras ... Clique ...
~~~ Sírios sobrevivendo no deserto ~~~

... E FICO POR AQUI ...

50 comentários:

  1. Ďesplazados, huyentes en un mundo que fuerza a la égida de su propia tierra, por exclusión.Kos videos ilustran de manera significativa. Un abrazo. Carlos

    ResponderEliminar
  2. O Coro dos Escravos Hebreus é sempre "arrepiante" de ouvir.
    Os refugiados: um problema que o mundo não quer ver. É um "batalhão" de gente deslocada.
    "E chegam extenuados, traídos, indefesos. Procuram um chão e um abraço". Não teremos isso para lhes dar?
    Um tema muito premente este que trata aqui, minha Amiga Majo.
    Muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  3. Um tema muito actual e a ária ilustra bem a dor, o sofrimento de quem está longe de tudo e de todos...
    Obrigada pela partilha....
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  4. Emocionante de ouvir, Grato por partilhar.
    .
    Um domingo feliz
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
  5. Sempre me emociono com o VA PENSIERO! Lindo!
    E tão triste o aumento cada vez maior dos refugiados pelo mundo afora.
    Bem lembrado o tema,Majo! beijos, tudo de bom, chica, linda semana!

    ResponderEliminar
  6. Gostei muito da publicação . Obrigada pela partilha!!
    -
    Coisas de uma vida | ATENÇÃO... SISTEMA|

    Bom Domingo
    Beijos

    ResponderEliminar
  7. Ah... a insensatez do orgulho e da guerra, que gera tanto sofrimento por todo o mundo! Bem oportuno o post, minha amiga! Meu abraço, boa semana.

    ResponderEliminar
  8. Para reflectir...

    Beijinhos e boa semana!

    ResponderEliminar
  9. Explosão de sensibilidade Majo nestas canções em vídeos. Uma situação que incomoda e não acorda para os horrores de uma guerra, o desrespeito aos mínimos direitos do ser humano. Saber da situação precária de refugiados, expulsos de seu chão, levados à condições sub humanas.
    Uma postagem que vem como um grito de socorro.
    Perfeita Majo.
    Uma semana maravilhosa com leveza e esperanças de ver este martírio ter fim.
    Beijo e paz.

    ResponderEliminar
  10. Além das músicas, há imagens belíssimas nos vídeos que escolheu.
    Não há devido acolhimento aos que fogem de suas terras amadas, sem nada levar, buscando apenas sobreviver. O que mais me toca é a situação das crianças, por não entenderem o que está havendo. A maioria dos países não quer recebê-los. Os que fogem da Ucrânia ainda são bem vistos, em face da guerra, mas quantos também fogem de pobreza e conflitos e são rejeitados! Tudo muito triste! Bjs.

    ResponderEliminar
  11. pray for better life for all displaced people around the globe...
    Thank you for sharing video

    ResponderEliminar
  12. El egoísmo humano y la codicia hacen que las condiciones de vida se hacen insoportables tanto económicamente como políticamente. Me gustaron los videos. Te mando un beso.

    ResponderEliminar
  13. A veces es tan cruento todo, que opinar cuesta , sin tener una clara solución a todo este desastre que hay por tantas partes del mundo que ninguna ideología política la solucionará ,aunque por ahí se levantan algunos con ideas de gran hermano...pero que al correr del tiempo caen por su propio peso.
    Todos deberían vivir donde se ha nacido , ver crecer y morir a sus hijos e hijas, en lo que les pertenece desde su raíz, y no salir huyendo arrastrando todo un proceso de dolor e incertidumbre que otros han de asumir , incluso obligados a sostener a otros y soportando por igual sus propios dolores y necesidades, eso no es haber justicia...si hay solidaridad y eso se demuestra en toda parte , pero hasta cuando? ...como digo a veces es mejor guardar silencio...


    ResponderEliminar
  14. Não imagino o que seria viver esse horror.
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
  15. Empezar la semana y el día escuchando esta bellísima parte de Nabuco, es todo un lujo y mi agradecimiento va hacia ti por traer a Verdi a tu espacio.
    Pese a ser un canto triste de añoranza que llega al corazón de los oyentes, por muchos siglos que pasen, actualmente estamos viviendo una realidad que hace nos solidaricemos con esas gentes que llevan más de dos meses en guerra y que tienen que huir de su país natal con sus familias.
    No aprendemos nada de los errores cometidos siglos atrás.
    Abrazos.
    Kasioles

    ResponderEliminar
  16. Parece que las cosas no cambian. Desde el principios de los tiempos hay pocas soluciones -o ninguna- para esta realidad tan cruda, tantas personas sufriendo y desarraigadas de sus vidas y malas penas subsistiendo. Lo malo, parece no tener remedio en ninguna parte de la tierra.
    Muy bonitos los videos Majo, y tu sensibilidad.
    Un abrazo y buena semana.

    ResponderEliminar
  17. Uma verdadeira tragédia. :( Lamento não ter passado por cá antes, mas nem sempre há tempo para as redes sociais. Beijinhos querida Majo.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  18. Espero que os europeus não escravizem os ucranianos... nem refugiados de outros países.
    Excelente post, gostei muito.
    Boa semana, amiga Majo.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  19. El dolor de vivir para siempre desgarrado de su historia y su hogar natural, ser un paria, ser sin patria, refugiado en ningún lugar... Conmovedora entrada, Majo.

    Abrazo hasta allá.

    ResponderEliminar
  20. Son aterradoras las cifras y la mayor parte de ellas, la de los que huyen para salvar su vida, tienen suerte si se les acoge, tienen vivienda y encuentran trabajo. Solo un porcentaje mínimo lo consigue. Lo consiguen porque nuestras naciones enriquecidas necesitan mano de obra para recoger las cosechas. realizar las faenas más duras, porque la población está preparada y rechaza los trabajos manuales. La verdad es que los necesitamos y nos vienen a sacar las castañas del fuego. Antes de un siglo, el cambio que se habrá producido en los pueblos de Europa, no podemos imaginarlo y habrá que poner todos los medios para que haya libertad, paz y trabajo para todos.
    No tiene ningún sentido seguir sosteniendo las diferencias raciales. Si aceptamos las diferencias, todos saldremos ganando.
    Verdi merece ser reconocido como un talento de la Humanidad y ese coro de esclavos, levanta el vello de nuestra piel y nos hace pensar en los grandes desatinos de nuestra historia humana.
    GRACIAS POR LA PUBLICACIÓN DE ESTE POST TAN LLENO DE INTERÉS. UN ABRAZO.

    ResponderEliminar
  21. Ontem, hoje e até quando? Os desatinos desumanos e tão estúpidos, vão afastar tantos do seu lugar de direito? E ainda tem gente, que pelo voto, elege criaturas nefastas que infelicitam povos inteiros. Já passou da hora de se acabar com isso, colocar aloprados ditadores em seu devido lugar: no cárcere e no lixo da história.

    Um abraço. Tudo de bom.
    APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

    ResponderEliminar
  22. Sad to see lots of people suffering these days. Nice post, have a good week, Majo

    ResponderEliminar
  23. Boa tarde Majo,
    Inicia com uma bela ária, que é muito do meu agrado!
    Sobre os refugiados uma verdadeira tragédia dos nossos tempos e sobre a qual não se vê o fim à vista!
    Haja iluminação nas mentes de quem promove esses martírios, porque já era tempo de haver paz neste nosso ainda tão belo mundo.
    Um beijinho e continuação de boa semana.
    Ailime
    Ailie

    ResponderEliminar
  24. Boa tarde Majo. Confesso que não conheço. Mais parabéns pelo seu excelente trabalho e dicas. Aproveito para desejar um ótimo verão para você e sua família.

    ResponderEliminar
  25. Uma postagem tocante, arrepiante e com grande reflexão.
    Deixo o meu abraço nesta tarde (aí noite) e sempre torcendo pela paz no mundo inteiro...

    ResponderEliminar
  26. Boa tarde, Majo!

    Numa cultura cada vez mais popular nas agendas a serviço do eu... de um modo geral, caminha a sociedade em descompasso com a humanidade. Barbárie é o que tem se visto horripilantemente.

    A postagem lembrou-me do texto Bíblico no livro dos Salmos, o de número 137, que trata do início do cativeiro Babilônico. Quantas feridas inacessíveis rasgando corações... devido às irresponsabilidades que teimam em continuar. Haja paradeiro.

    Beijo.

    Renata

    ResponderEliminar
  27. Um post que arrepia e nos obriga a pensar. Para onde caminha a humanidade?
    Um abraço e saúde

    ResponderEliminar
  28. É uma realidade dramática, um sinal da desumanidade...como é possível não ter o direito de se viver com dignidade na terra onde se nasce? A injustiça e a violência. "O coro dos escravos hebreus" repete-se em cada canto do planeta. Beijo amigo.

    ResponderEliminar
  29. Uma partilha tocante, sensível e com lições preciosas!
    Abraços fraternos!

    ResponderEliminar
  30. Es una triste realidad.
    Los vídeos me encantan.
    Muchas gracias, Majo. Los comentarios desaparecen por algún problema de Google. A veces, pasan a Spam.
    Te mando un abrazo fuerte.

    ResponderEliminar
  31. Que maravilha!
    Obrigado por partilhar Majo!
    Bom verão!!!😍

    ResponderEliminar
  32. A guerra é um sorvedouro de dinheiro e de vidas.
    O resultado é um cenário de destruição e morte.
    Os refugiados são outra consequência que satura a capacidade de absorção dos países acolhedores.
    Só a paz pode proporcionar um caminho de fruição e progresso.
    É por ela que devemos lutar.
    Abraço solidário.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  33. Passei para ver as novidades no seu blogue.
    Aproveito para lhe desejar a continuação de uma boa semana, amiga Majo.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  34. Devo aplaudir a sua postagem, Ma

    ResponderEliminar
  35. Devo aplaudir a sua belíssima postagem, Majo.
    Suas postagens sempre me enriquecem.
    Obrigada pela partilha.
    Beijinhos
    Verena.

    ResponderEliminar
  36. Uma excelente quinta-feira com muita paz e saúde minha querida amiga Majo.

    ResponderEliminar
  37. Nos obligas a pensar con estos estremecedores vídeos. Cuanta tristeza hay en el mundo y es increible que el hombre no haga nada por evitarla.
    Buen jueves.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  38. Ya de vuelta de ese corto período vacacional saludando a los amigos.
    Parece imposible que con los avances de la humanidad todavía sigamos con estos hechos tan deprimentes y lamentables. ¿Cuándo cambiará realmente el ser humano? ¿Cuándo seremos humanos de verdad?
    ¡Ojalá!, no lleguemos demasiado tarde.
    Gracias por la denuncia y tu buen hacer Majo.
    Un gran abrazo y feliz verano.

    ResponderEliminar
  39. Por los tiempos que se ven y como se viene actualmente en el mundo , todo trastocado por esto de las políticas que imperan y que al final solo trae el desorden ...muy mala cosa
    Pero igualmente la solidaridad siempre debe hacerse presente.

    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  40. A música toca-nos a alma e os sentidos. Um post profundo que nos obriga a refletir sobre o tema dos refugiados, uma triste, dolorosa e trágica situação que envolve tanta desumanidade. Que dor e desespero essas pessoas devem sentir ao ter de deixar tudo para trás, na procura da sobrevivência, nem consigo imaginar 😔
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  41. Olá, Majo
    Uma publicação que nos toca o coração, pelos números de refugiados a nível mundial e em relação aos da Ucrânia, aqui tão perto, no tempo e no espaço.
    A nível musical, perfeito. Documenta bem toda a envolvência desse drama humano.
    Bom fim de semana.
    Beijo
    Olinda

    ResponderEliminar
  42. Muito triste, a música é tocante, sofrimento que nos dá indignação. Grata pela partilha.

    ResponderEliminar
  43. Boa tarde minha querida amiga Majo. Que Deus abençoe todos os refugiados do mundo. Aproveito para desejar um bom final de semana.

    ResponderEliminar
  44. Majo,
    um acto quase involutário de prostração perante a ángústia do Hoje, ao ouvir o coro de Ontem,e o Ontem que teima ainda subjugar o coro da lágrimas que ainda correm agora. Resta a redenção de um Novo Mundo?
    Parabéns, Majo!
    beijinho

    ResponderEliminar
  45. DA DECLARAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS.

    Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos.
    São dotadas de razão e consciência e devem agir em relação umas
    às outras com espírito de fraternidade.» -- ARTIGO 1º

    «Todo o indivíduo tem direito a ter uma nacionalidade.» ARTIGO 15º

    «Toda a pessoa, individual ou colectivamente, tem direito à propriedade.
    Ninguém pode ser arbitrariamente privado da sua propriedade.«
    -- ARTIGO 17º

    FALTAM MEIOS PARA FAZER CUMPRIR...

    AGRADEÇO A COLABORAÇÃO, O INCENTIVO E O CARINHO.

    A CADA UM, UM ABRAÇO DA MINHA MELHOR CORDIALIDADE.

    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~





    ResponderEliminar
  46. Nice article, Thanks for sharing, Next visit Our Website

    ResponderEliminar
  47. A veces como ahora, después de oir y ver la realidad que vivimos, la impotencia que sentimos y el dolor que nos aprieta, me queda sin palabras...Majo, un abrazo enorme y gracias por tu sensibilidad y remover conciencias

    ResponderEliminar
  48. Agradeço o reconhecimento, apoio e estímulo.
    O meu sincero abraço.
    ~~~~~~~~

    ResponderEliminar

~~~~~~~ 💛 ESTIMADO LEITOR 💛 ~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~ Depois de colocar o seu comentário,
~~~~~~ aceda a «mensagem antiga»
~~~ e leia a que habitualmente lhe deixo.
~~~~~ ~ ~ ~ ~ Muito obrigada... ~ ~ ~ ~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~-~~~~~