sábado, 4 de junho de 2016

Tempo de Cerejas



 Deliciosas.

------








Belas e de aspeto sobremaneira apetitoso, elas não nos enganam.
De facto, as cerejas  são frutos com notáveis propriedades nutritivas, anti-inflamatórias e antioxidantes.
Como nutrientes, possuem uma variedade apreciável de sais minerais e vitaminas.

Com forte ação anti-inflamatória, estão a ser usadas com sucesso em casos de
 artrite e fibromialgia.

Rica em flavonóides, as antocianinas são os pigmentos vermelhos
que dão-lhes a magnífica cor e funcionam no nosso corpo
como poderosos anti-oxidantes
- principalmente concentrados na casca -
  combatem o envelhecimento do organismo e células cancerígenas.  

Também promovem a boa circulação, a saúde cardíaca, a juventude da pele e a tranquilidade.

Mais informações aqui, um 'site' organizado por especialistas.
 Clique sobre o nome da autora.

*****

Resultado de imagem para cherry fruit      Resultado de imagem para cerise fruit     Resultado de imagem para вишня и черешня разница
Brincos de cerejas.



Bernardete Costa colhe cerejas,

 «Abraçando a madrugada»

«Abraçando a madrugada
colho cerejas
no sorriso da árvore;
à noite conto estrelas
que me prometem um pedaço de céu.

Como uma rainha
coroada de estrelas
e brincos de cereja, feita princesa
de novo sou uma menina
reinventando sonhos à janela.»

De Cerejas aos Molhos.
BC 

*****


Porque as aves apreciam cerejas tanto como os humanos, um momento musical, num vídeo muito interessante.










  Origem das fotos Resultado de imagem para flor de cerejeiraResultado de imagem para flor de cerejeira                                    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
  

50 comentários:

  1. Gosto muito de cerejas e não tinha ideia de que eram assim tão ricas. Mais um motivo para se comerem. Temos que aproveitar a época e, pela minha parte, a proximidade com uma zona de tão boa cereja.

    Bom domingo, Majo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ~~~
      Gostei que tivesse apreciado o 'post'...

      ~~~ Beijinhos, Isabel. ~~~

      Eliminar
  2. Sobre o apreço demonstrado pelas aves em relação à cerejas posso servir de testemunha. Quanto ao restante, embora grande apreciador de cerejas, sou mais céptico.
    Sobre a poesia não me pronuncio, pois já vão longe os tempos em que também "poetava".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É como S Tomé...
      Gostei de saber que também gosta de poesia.
      Eu não a faço, mas não posso passar sem ela...
      Dias aprazíveis.
      Beijinho, amigo.
      ~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  3. Diz-se das palavras
    que elas
    são como as cerejas
    puxando uma
    outras se seguem

    E as também as canções
    em várias versões

    Le temps des cerises

    (a de Nana Mouskouri é muito bela)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem razão, Rogério, também gosto muito dessa interpretação.
      Acontece que o tempo dessa magnífica canção já passou.
      Prometo que fica para o ano.

      ~~~ Abraço amigo. ~~~

      Eliminar
  4. Tempo das belas cerejinhas, só que este ano foi bem adverso para a sua produção.:(
    Aprecio de forma muito partilhar esse delicioso, e belo, frutinho, mas não sabia das suas propriedades nutritivas.
    Li as informações dos links sugeridos e fiquei bastante bem informada. Mas - há sempre um "mas" - a cereja, uma vez mais ela, no topo do bolo foi o delicioso video. As aves, que são um dos meus fasciníos maiores, foram filmadas de forma muito bela.
    Perante isto, cara Majo, que mais posso fazer que não seja agradecer-lhe este post?!
    Bom Domingo.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gratíssima pelo apoio e carinho, MJ.

      ~~~ Abraço amigo. ~~~

      Eliminar
  5. Hoje comi umas deliciosas!

    Beijos, Majo :)

    ResponderEliminar
  6. Ainda não as provei este ano. O vídeo é muito bonito. Obrigado pela partilha.
    Um abraço e uma bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço o apoio e simpatia, Elvira.
      Dias aprazíveis.
      Abraço.
      ~~~

      Eliminar
  7. As cerejas encareceram de novo! Ou então, as primeiras que comprei há dias estavam em promoção. Usei brincos de cerejas muitas vezes! As crianças de hoje não o fazem. : )
    Um bonito vídeo. André Rieu popularizou a música clássica. Deveria haver mais músicos como ele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por cá, este ano a colheita foi pequena o que encareceu-as...

      Concordo contigo em relação a A Rieu. O mesmo podemos dizer em

      relação aos talentosos cantores ''crossover''. Bjos.

      ~ ~ ~

      Eliminar
  8. ~~~~~

    É dos frutos que mais aprecio : Pelo bem que fazem ao nosso organismo e pelo seu delicioso sabor.
    E também pela facilidade com que se comem.
    ~~~~~

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
  9. as conversas são como as cerejas...

    (eu a julgar que tínhamos alentejana e afinal temos o Faial em festa... rs)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre bem vindo, Manuel.

      Na verdade, o coquetel foi com Açores e Algarve,

      porém, gente boa.

      ~~~ Beijo. ~~~

      Eliminar
  10. Ainda ontem ao jantar comi umas cerejas maravilhosas! Um dos frutos que mais gosto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda!

      Dias aprazíveis.
      ~~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  11. a seguir à romã é um dos meus frutos preferidos e gosto de as consumir pela propriedade que a Majo nos informa no post
    gostei do poema da Bernardete Costa que está em sintonia
    e deixo votos de um bom domingo e uma boa semana.
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grata pelo carinho e apoio.

      Uma semana excelente, estimada amiga.

      Beijinhos.
      ~~~~

      Eliminar
  12. Gosto muito. Já comi as primeiras cerejas.
    As árvores são lindas. Já há muito tempo que não vejo uma cerejeira.
    Beijinho. :))

    ResponderEliminar
  13. Grata pelo carinho, Ana.

    Excelente semana.

    Beijinhos.
    ~~~~

    ResponderEliminar
  14. As cerejas. Tão chegadas à minha gula. Não sabia tantas coisas sobre elas.
    As árvores assim carregadas são uma beleza. Gostei imenso do poema de Bernardete Costa. Que beleza de música e de vídeo!
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei de saber que apreciou.
      Grata pelo simpático apoio e carinho.
      Beijos.

      Eliminar
  15. Adoro cerejas! Este ano ainda não comi cerejas boas... Há tempo!

    Beijinhos doces como cerejas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grata pelo carinho delicado.

      Beijinhos amigos.
      ~ ~ ~ ~ ~

      Eliminar
  16. Comi as primeiras cerejas, desta época, ontem. Não estavam especialmente boas mas matei as saudades. :)

    ResponderEliminar
  17. Também lamento de mais a escassez da fruta, este ano.

    Dias aprazíveis, Luisa.
    ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
  18. Fiquei com um certo complexo com as cerejas depois de ver a minha avó materna apanhar uma congestão com cerejas, há já muitos anos, e ficar num estado que dava pena.
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
  19. De certeza que não teve nada a haver com a digestibilidade das cerejas, mas com um conjunto de fatores...
    Realmente, é difícil parar de as degustar, quando são boas.
    No Oriente, as cerejeiras são mais apreciadas como plantas decoratias, mas tendes um fruto que adoro - as lichias.
    ~~~ Beijinhos, Pedro. ~~~

    ResponderEliminar
  20. Bonito!
    Isto é,
    como cerejas, eu
    comilão guloso,
    é como uma telha,
    custa-me pôr-lhe
    o ponto. Final!

    Bj, Majo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ~~~
      Quando elas estão deliciosas é um problema comum a muitas pessoas...
      Beijo, amigo.

      Eliminar
  21. Oi Majo, informação, poema e um lindo video...
    Estás reinventando sonhos....
    Então, o que dizer de cerejas já disses-tes tudo; sabe que
    nunca comi as in natura? por aqui tem muito em conservas mas in natura
    mesmo só em mercados, é raro o quintal que tem cerejas plantadas
    e são pés tão bonitos...
    Esse André Rieu é muito bom... já fez algumas apresentações por aqui...
    Boa semana.
    Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grata pelo carinho, querida Janice.
      Dias iluminados e maravilhosos.
      Terno abraço.

      Eliminar
  22. Comi hoje as primeiras cerejas do ano. Pedi um desejo como manda a tradição, mas eram tão sensaboronas, que às tantas o desejo vai sair desenxabido :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beijo sorridente, amigo.
      ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

      Eliminar
  23. Eu já gostava de cerejas, mas agora gosto ainda mais, depois de ter lido aqui os seus benefícios para a saúde. E a música de André Rieu faz também milagres.

    Um beijinho, querida Majo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ~~~
      Grata pela a apreciação tão agradável, querida Smile.

      Beijinho.
      ~~~~~

      Eliminar
  24. Por aqui ainda não vi cerejas com bom aspecto :)
    Portanto ainda não as provei,mas depois de saber destas propriedades ainda as vou saborear melhor :)
    O vídeo está mesmo um encanto, passarinhos são mesmo comigo :)

    Um beijinho


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito agradeço as palavras carinhosas, querida amiga.

      Beijinho.
      ~~~~~

      Eliminar
  25. Estão belas as cerejas e tão bela sua generosidade na partilha das informações.
    Aqui não as temos assim em plantações e tenho lido muito sobre poesias relacionadas a elas, que me mostram o quanto inspiram. Belíssimo vídeo Majo. Ilustrações perfeitas e belas.
    Grato Majo.
    Abraços de toda paz e luz.
    Bjs de paz amiga.

    ResponderEliminar
  26. Muito obrigada pelo apoio e incentivo tão animador, Toninho.

    É verdade que o Brasil não é terra de cerejas, mas produz
    frutos que muito aprecio, como coco, mamão, goiaba e outros
    que compro encarecidos pela viagem.
    Também falarei deles, amigo
    ~~ Abraço de paz e luz. ~~
    ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
  27. Pena haver tão poucas e as que há tão caras...

    Beijinho

    ResponderEliminar
  28. Fiquei contente! Sei que tem muitas coisas a dizer.
    Comecei pelas cerejas... Não sabia que tinham tantas propriedades boas para a saúde, sabia só que eram boas!
    Parabéns ao seu blogue! Vou continuar a visitá-lo. um beijo

    ResponderEliminar
  29. Mas que postagem tão colorida e saborosa!
    Decorre a festa da cereja em Alfândega da Fé (http://www.cm-alfandegadafe.pt/frontoffice/pages/1119?news_id=238),evento muito significativo, visto ser uma das zonas em que mais se produz este fruto. Infelizmente, este ano as condições atmosféricas foram adversas e estão muito caras.
    Apesar de estar tão perto de terras onde há bastante cereja, desconhecia grande parte dos seus benefícios. Sempre a aprender, portanto :)
    Gostei imenso do poema e da tua escolha musical.
    Bjo, amiga :)
    (Também colocava brincos nas orelhas em pequena :) )




    ResponderEliminar
  30. ~~~
    Apreciei sobremaneira a tua presença no meu incipiente espaço.

    Lamento estar tão longe das montanhas e de terras de cerejeiras.

    Outros encantos... Não podemos viver com todos...

    Abraço, estimada Odete.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  31. Provei-as ontem pela primeira vez. M-A-R-A-V-I-LHO-SAS! Quase tanto como o André Rieu ;)

    ResponderEliminar
  32. São mesmo deliciosas e para a gulodice adoro cerejas cristalizadas :-)

    ResponderEliminar