***

*** CORES DE OUTONO NO ALTO DOURO VINHATEIRO ***
Património da Humanidade, estatuto atribuído pela UNESCO em dezembro de 2001, como Paisagem Cultural.
É um lugar com características geológicas e um microclima peculiares, onde se produz o Vinho do Porto e se fabrica vinho há 2 000 anos...
~~ A autoria da foto é do amigo Rui Jorge Pires, administrador do blogue Olhar de Ouro ~~

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

APREÇO DE WASHINGTON






Ecos da Nacional Gallery of Art Washington D.C.




Este 'post' tem origem num 'feed-back' de outro
que publiquei em Fevereiro deste ano... Aqui... 

.

Jenna que trabalha num 'Artsy team', ao ver o meu
trabalho na 'net', enviou-me um 'mail'... Leia...

Ela explica qual é o seu trabalho de 'artsy'... Leia...
Diz que a sua missão é tornar todo o mundo da arte
acessível para todos que possuem acesso à 'net' e que
são uma fonte de coleção de arte e educação...
Seguidamente, mostra trabalhos da
 Nacional Gallery of Art Washington D.C. - Veja...
Finalmente, Jenna pede-me para promover o trabalho
 da Galeria, em especial, a página de Johannes  Vermeer... Veja...
Clicando sobre a imagem da pintura, o seu tamanho
vai aumentando... Os sinais referem-se a informações.

Fico antecipadamente muito grata
pela a vossa simpática e generosa colaboração...   
O trabalho sobre J Vermeer está realmente bem conseguido...
Com um blogue sobre arte, sinto que tenho o dever em colaborar.
Encerrado o blogue tenho de enviar um 'mail'com a cópia do 'post'
ao museu J Vermeer e o respetivo 'link' à Jenna, a simpática Artsy...

sábado, 7 de outubro de 2017

DIA NACIONAL DOS CASTELOS


Castelo de S. Jorge, em Lisboa




 Há um ano, escolhi, para assinalar este dia, o castelo de Óbidos
por ser muito belo, uma das sete maravilhas de Portugal - Aqui
 Desta vez, optei por escolher o que me é mais familiar, ao invés
de beleza, representa sacrifício, vontade tenaz e muita coragem.
num tempo em que os povos guerreavam por território e por fé!
O documentário final situa o castelo na História e descreve-a...
Desde menina, quando vou à baixa lisboeta arranjo sempre um
modo de apreciar a sua figura altaneira e sinto-me muito bem... 











Estátua de D Afonso Henriques
existente no castelo



Clique numa foto. 

~~~ *** ~~~
Fontes as fotos... 
-A - B - C -D - EF 

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

~ DAVID GARRET ~


~~ O OUTONO DE VIVALDI ~~

Na despedida do Sol, do qual afastamo-nos,
celebremos a música...

apreciando a exímia interpretação de David Garrett
e o som do seu 'Adolfo Busch' Stadivarius 1716,
no Adagio (camponeses dormindo após a vindima)
e o Allegro... (que corresponde a uma caçada) 

Outono em Itália - Mtchele Cascella - Pós-impressionismo - 1892/1989 - (clique)


David Garrett - Autumn Vivaldi - Adagio


The Valley of Peace (O Vale da Paz) - Thomas Kinkade - Caifórnia, 1958/2012


David Garret - Autumn Vivaldi - Allegro

sábado, 30 de setembro de 2017

A MINHA FESTA...


Todos vós, queridos amigos, estais convidados...


«En Aranguez con tu amor» - Aqui

   
Ao som desta belíssima música e canção eternas,      
vamos saborear - com muita alegria - uma fatia      
de Foresta Negra, um dos meus bolos preferidos,      
um aromático chá ou café e brindarmos com licor.      
Tchim - Tchim! - À nossa saúde e felicidade!       





Seguidamente, vamos dar um passeio pelos jardins do palácio...

Palácio real em estilo renascentista e rococó.

Fonte de Ceres

Fonte de Neptuno

Fonte de Apolo

«KioscosChinescos»

E terminamos depois de vermos o Adágio do Concerto de Aranjuez
interpretado pela Orquestra de Andre Rieu.




~~ B E I J O S ~~
Fontes das fotos
A - B - C - D - E

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

O NOSSO SALVADOR - II


~~ «Presságio» ~~
~ Que seja ótimo! ~



~~~ ***** ~~~









O nosso Salvador encontra-se internado no Hospital de Santa Cruz, Lisboa, nos
cuidados intensivos, porque corre risco da função renal e/ou hepática falharem.
Encontra-se «estável, em primeiro lugar na lista para transplante» de coração.
«Continua a trabalhar» em música, via 'internet'. É noticia internacional, desde
que o El Mundo fez uma entrevista a um cardiologista do Hospital onde está.


~~~ Últimas notícias ~~~
Expresso - A
Diário de Notícias - B
Jornal de Notícias - C

~ * ~ * ~ * ~* ~* ~ * ~ * ~ * ~

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

SOPHIA E O MAR


Poemas de Sophia de Mello Breyner Andresen...





Adoro o mar... vivo rodeada de mar. A primeira coisa que faço
ao levantar é alimentar a alma com o seu maravilhoso azul.
Quando passeio junto dele, lembro versos  e estrofes de Sophia,
o muito singular e  especial relacionamento que a Poeta tinha
com o reino de Poseidon, Anfritite e sua enorme prole marinha.
Ou seja, sua forte ligação à matriz primordial da humanidade.



          Iremos
 Iremos juntos sozinhos pela areia
Embalados no dia
Colhendo as algas roxas e os corais
Que na praia deixou a maré cheia.

As palavras que disseres e que eu disser
Serão somente as palavras que há nas coisas
Virás comigo desumanamente
Como vêm as ondas com o vento.

O belo dia liso como um linho
Interminável será sem um defeito
Cheio de imagens e conhecimento.

1944


          Inicial
O mar azul e branco e as luzidias
Pedras - O arfado espaço
Onde o que está lavado se relava
Para o rito do espanto e do começo
Onde sou a mim mesma devolvida
Em sal espuma e concha regressada
À praia inicial da minha vida. 

1972


           Poema
...     ...     ... 
A terra o sol o vento o mar
São a minha biografia e o meu rosto.

Por isso, não me peçam cartão de identidade
Pois nenhum outro senão o mundo tenho
Não me peçam opiniões nem entrevistas
Nem me perguntem datas nem moradas
De tudo o que vejo me acrescento

E a hora da minha morte aflora lentamente
Cada dia preparada

1962 - Extrato



Fontes e fotos de praias do barlavento algarvio...
- Praia do Alvor
B - De Lagos, a praia D. Ana
C - Praia da Luz
- Praia de Sagres

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

A PABLO NERUDA - II

  Que repouse em paz. 

Porque sou firmemente defensora dos Direitos Humanos...

 O Poeta deixou-nos há 44 anos, cerca de duas semanas depois do horrível
e sinistro golpe de estado chileno, dirigido pelo, então, comandante chefe
do exército que instituiu uma ditadura militar,  numa repressão ferocíssima.
 Páginas intensamente funestas e ignóbeis da recente História Universal.

 Continuação da homenagem iniciada há um ano...
~~~ Aqui ~~~


Extrato do livro de Isabel de Allende, A Casa dos Espíritos.

«O Senador era seu inimigo ideológico, mas recebera-o muitas vezes em casa
e sabia de cor os seus versos. Apareceu no velório em rigoroso traje de luto,
com a neta que levava na mão um ramo dos primeiros cravos da temporada,
vermelhos como sangue. O pequeno cortejo percorreu a pé, lentamente, o
caminho do cemitério entre duas filas de soldados que faziam alas nas ruas.
As pessoas iam silenciosas, mas logo alguém gritou roucamente o nome do
Poeta e uma só voz saída de todas as gargantas respondeu:
- Presente! Agora e sempre!
Foi como se tivessem aberto uma válvula e toda a dor, o medo e a raiva
daqueles dias saíssem dos peitos e rodassem na rua e subissem em clamor
terrível até às nuvens negras do céu.Outro gritou: «Companheiro Presidente!»
E responderam todos num só lamento, pranto de homem: «Presente!»
A pouco e pouco o funeral do Poeta transformou-se no ato simbólico
de enterrar a liberdade.»

 Continua


~~ Disposiciones ~~.
... ... ...
todas las llaves húmedas de la tierra marina
conocen cada estado de mi alegria,
saben
que alli quiero dormir entre los párpados
del mar y de la tierra.

Quiero ser arrastado
hacia abajo en las lluvias que el salvage
viento de mar combate y dsmenuza
y luego por los cauces subterráneos,
seguir hacia la primavera profunda que renace

Abrid junto a mí el hueco de la que amo, y un dia
dejadla que otra vez me acompañe en la tierra.

 Canto general


~~ A minha tradução ~~
... ... ...
«todas as chaves húmidas da terra marinha
conhecem cada estado da minha alegria,
sabem
que ali quero dormir, entre as pálpebras
do mar e da terra...

Quero ser arrastado
para baixo nas chuvas que o selvagem
vento do mar combate e pulveriza
e logo pelos leitos subteraneos, seguir
para a primavera profunda que renasce.

Abri junto a mim, um lugar para a que amo e um dia
deixem-na que outra vez me acompanhe na terra.»

Disposições - Fim


Fontes das fotos - -B - C - D

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

DIA INTERNACIONAL DA PAZ

              

       Para o manicómio. Já!        

A Paz não pode ser mantida à força.
Somente pode ser atingida pelo entendimento.
Albert Einstein

World Peace por Deborah Ronglien
Nella Fantasia é uma canção italiana do filme La Misión com poema
de Chiara Ferrau e música do célebre compositor Ennio Morricone.
Lançada por Sarah Brightman tem sido interpretada por
muitos cantores clássicos «crossover»


Legendado em espanhol

Cantada por Paul Potts... Aqui... Legendada

«Sempre que o homem sonha o mundo pula e avança...»
António Gedeão