segunda-feira, 13 de junho de 2016

SINFONIA PELO PERU





Um dia, perguntaram a Pavarotti, qual dos cantores líricos  escolheria para seu sucessor. Delicado, ele respondeu que era muito difícil escolher,
mas se tivesse mesmo que ser, escolheria Juan Diego Flórez.
Placido Domingo considera-o um tenor ligeiro único,
«uma maravilha vocal, com uns agudos extraordinários»
O peruano ainda muito jovem na altura, mas estudioso e empenhado,
 foi conquistando todos os grandes palcos mundiais de ópera e todos os prémios musicais.
Muito popular e querido na sua pátria, aos 43 anos, já foi agraciado
 com todas as condecorações do estado peruano.








Hoje, deparei-me com a excelente notícia na «euronews»
Juan Diego Flórez criou, há cinco anos, várias escolas de música
 para os meninos carentes do seu amado país.
A notícia refere-se a um espetáculo que organizou,
 a fim de angariar verbas para o seu projeto.





Apresentação do Concerto para a Paz - ONU,
no Dia dos Direitos Humanos, 2014.



 Notícias 
~ Fontes das fotos 
     -   - 

34 comentários:

  1. Não sei se o meu comentário seguiu, por isso vou repetir:

    Muito bonito o que ele diz, e muito bonito o seu projecto. É de pessoas assim que o Mundo precisa. Não de banqueiros e políticos gananciosos.

    Beijinhos e boa semana:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Isabel. É verdade!
      Beijinhos.
      ~~~~~

      Eliminar
  2. Uma sinfonia de boas notícias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem-vindo, Francisco!

      Ainda aparecem notícias estupendas como estas!
      O Paulo Azevedo, filho do Belmiro, administra a Casa da Música,
      mas seguramente, sem a ajuda de um centimo da fortuna do papá...

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  3. MAjo
    muito obrigada por me dar a conhecer este tenor e o seu projecto.
    é de pessoas como estas que o mundo precisa.
    pena serem poucas.
    boa semana
    beijinho
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão, Piedade.
      Para si, dias encantadores.
      Beijinho.
      : )

      Eliminar
  4. Não conhecia Juan Diego Florez, Majo. Obrigado por mo dar a conhecer e ter fornecido também essa preciosa informação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei de saber que apreciou.
      ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  5. Claro que gostei da voz, claro que gostei do desempenho
    e obrigado
    por me ter dado
    conhecê-lo.
    Mas.. é sabido
    que valorizo o exemplo
    e o colectivo

    Na plateia estava José António Abreu
    o "pai" de "El sistema" (e não o digo eu)

    E já cá chegou também... Sabia?

    http://www.orquestra.geracao.aml.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mérito que cabe ao caso que citei, não é a originalidade,
      como ficou patente no vídeo, mas sim a singularidade, visto
      as escolas serem todas apoiadas e financiadas por um único
      mecenas.
      Por este facto, o governo peruano concedeu-lhe a mais alta
      condecoração do estado - a Ordem do Sol.
      Bj.

      Eliminar
  6. Fez no Peru o que Dudamel fez na Venezuela.
    Gente de outra dimensão, Majo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mentor foi o venezuelano José António Abreu, presente no vídeo,
      que criou «el sistema», do qual é diretor e pelo qual tem recebido
      os mais distintos prémios musicais.
      Lang Lang também criou uma escola internacional de música nos USA,
      porém, sem o mesmo alcance social...
      Mecenatos tocantes e muito louváveis.
      ~~~ Beijinhos. ~~~

      Eliminar
  7. E são pessoas como Juan Diego Flórez que melhoram este lugar tão frágil que é o mundo. Obrigada, Majo por partilhar estes seus conhecimentos.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  8. ~~~~
    Muito obrigada, querida amiga, pelas palavras generosas.
    Beijo.
    ~~

    ResponderEliminar
  9. Há pessoas que associam o talento à bondade. Gostei muito de ouvi-lo. De facto, tem uma voz poderosa e lindíssima. A música tem um efeito de redenção e de esperança enormes. Todos somos uma obra dos outros. Juan Diego Flórez sabe disso.
    Muito obrigada, querida Majo, pela bonita partilha.

    Um bejinho

    ResponderEliminar
  10. Apreciações inteligentes e iluminadas que abrilhantam as minhas publicações,
    pelo que, sou eu que fico agradecida.

    Beijinho, querida Smile.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  11. Querida Majo, são pessoas e notícias como esta que nos fazem continuar a ter fé na humanidade.
    Desconhecia o tenor e apreciei demais o vídeo, tanto a mensagem introdutória como a sua maravilhosa voz .

    Beijinho grato

    ResponderEliminar
  12. ~~~
    Sou eu que agradeço os teus comentários sempre tão pertinentes e lúcidos.
    Apraz-me saber que apreciaste.
    Beijinhos, querida amiga.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  13. Madrinhamiga

    Não conhecia, mas agora com a tua ajuda passo a conhecer. Entretanto faço minhas as palavras da Fê

    Qjs do afilhado Leãozão

    ResponderEliminar
  14. ~~~
    É gratificante saber que vos dei a conhecer este magnífico tenor.

    Dias harmoniosos e agradáveis.

    Beijinhos.
    ~~~~~

    ResponderEliminar
  15. Bom dia, Cara Majo

    Adorei este seu post. Trouxe ao meu conhecimento este belo cantor. Não só ouvi as suas palavras, constantes do video, como a sua voz bem timbrada e fui à procura de mais. Estive a ouvir "Granada" agora mesmo. Devo dizer que considero muito justas as palavras de Pavaroti.

    Muito obrigada.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  16. Agradecida fico eu, pela amabilidade de ter deixado o seu parecer.

    Beijinhos, eatimada Olinda.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  17. São casos assim que ainda me faz crer numa solução para o mundo dos desvalidos.
    Essa gente invisível que paga os pecados do mundo.
    Bela informação Majo.

    Meu abraço com carinho.
    Bjs de paz amiga.

    ResponderEliminar
  18. Tem razão Toninho.
    O mundo precisa de gente generosa.

    Grata pelo carinho.
    O meu abraço e beijo de paz.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  19. Ora aqui está um sorriso!
    É com notícias destas que o mundo poderá mudar. Para melhor.
    O que vemos nestes dias? O futebol deixou de ser desporto mas palco privilegiado para a manifestação de violência imbecil.

    Bj.

    ResponderEliminar
  20. Ora não conhecia...
    Quando o meu neto Gabriel acordar, irei ouvir.
    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ~~~
      Tenho a certeza que vais gostar.
      Gostei do teu cumprimento.
      Beijinhos para ti e pata o Gabriel.
      ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  21. Tanto podia dizer desta tua partilha, no que à sua essência diz respeito!
    Sorrio sempre quando vejo pessoas a defender esta ideia: é precisamente aos mais desfavorecidos que se devem proporcionar bens culturais de qualidade, como forma de os "desguetizar". Isto choca a muita gente, sobretudo àquela que gostaria de conservar um certo elitismo cultural. Felizmente que há gente que começa a perceber isso e que tem feito uma pequena revolução na abordagem que faz ao conceito de intervenção, por exemplo, em bairros sociais.
    Fui, durante 8 anos, presidente/diretora de uma escola de 2.º e 3º ciclo, com cerca de 750 alunos dentro do mesmo espaço (antes da organização dos agrupamentos, sendo que, por entender que a escola passaria a ficar despersonalizada, fui contra os mega-agrupamentos, mas isto são contas de outro rosário); uma das linhas mestras subjacente ao projeto educativo e sua execução, traduzido, sobretudo, no plano anual de atividades, era a implementação de atividades ricas culturalmente.
    Que se multipliquem iniciativas como esta!
    Desculpa ter-me alongado, amiga.
    Bjo :)

    ResponderEliminar
  22. ~~~
    Agradeço muito teres deixado o teu testemunho.
    É muito gratificante e incentivador, verificar como os jovens aderem a projetos culturais.
    No nosso país, a prática do mecenato é muito rara.
    O Paulo Azevedo, filho do Belmiro, administra a Casa da Música, porém, não devem ter
    dado um euro da imensa fortuna, a favor da Educação Musical.
    ~~~ Beijinho, querida Odete.~~~

    ResponderEliminar
  23. Apreciei sobremaneira esta postagem.
    Muito bonito tudo.
    Beijinho. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico reconhecida pelo apoio e carinho.
      Beijinho sorridente, Ana.
      ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  24. Uma preciosa partilha, Majo!
    Desconhecia por completo este tenor... e certamente prestarei mais atenção ao seu trabalho de futuro, de que não estaria ao corrente!
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei de contribuir para o seu conhecimento.
      Grata pelo carinho, Ana.
      Beijinho.
      ~~~

      Eliminar