sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

TOMBE LA NEIGE...





Algumas obras de Claude Monet e um poema.

«La charrete...» - 1867 - Musée d'Orsay - Paris

«La pie» - 1869 - Músée d'0rsay - Paris

A pega - há sempre uma ave que resiste...

«Argenteuil sous la neige» - 1874 - Nelson-Atkins Museum - USA 

«Rue sous la neige, Argenteuil» - 1875 - Nacional Gallery - Londres

Poema

«Water is thougth by thirst.
Land - by the Oceans passed.
Transport - by the throe -
Peace - by its battles told -
Love, by Memorial Mold -
Birds, by the Snow.»

Emily Dickinson - 1830/1886 - Amsherst - USA

«Coucher de soleil sur la neige à Lavacout» - 1879 - Municipal Gallery Dublin

Tradução

«A água ensina-se pela sede.
A terra - pelos oceanos passados.
O extase - pela aflição -
A paz - pelos combates narrados -
O amor, pela cinza da memória -
Os pássaros, pela neve.»
~~ * ~~

«Les Glaçons» - 1880 - Museum of Shelburne - NS - Canadá

«La Déblaque» - 1880 - Palais des Beaux-arts - Lille

«Le train dans la neige», 1874. Marmottan, Paris 


«Neve ou não neve onde há amigos a vida é leve.»
Alice Ruiz             

Imagens da Wikipedia

37 comentários:

  1. Muito bonito o vídeo e as imagens. Adorei ouvir a música. Há "seculos" que não a ouvia.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Lindíssimos os quadros que escolheste, Majo! Quanto à canção, tenho-me lembrado imenso dela com este frios que se abateu sobre nós... Tive uma amiga na Fac. que adorava o Adamo - o que me tenho lembrado dela!!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Magnífico momento de cultura: telas e poema divino! Parabéns, Majo!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  4. Olá Majo.
    Belíssimas fotos, dessas paisagens no inverno. Parabéns.
    Abraço.
    Pedro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Majo, deixei de mencionar, no meu comentário acima, que essas belas paisagens de inverno são pinturas de Monet.
      Abraços.

      Eliminar
  5. Magníficos pinturas de Monet! O poema de Emily Dickinson é muito belo. Tudo isto ao som de "tombe la neige"... Uma maravilha, Majo! Um bom fim de semana, minha Amiga.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  6. Um dos meus pintores preferidos.
    Excelente trabalho, não só pela qualidade da obra gráfica, mais ainda pelas dificuldades com que te encontraste para construir este grande documento. Música, muito apropriada.
    A obra pictórica muito de acordo com o momento pelo que estamos a pasar, tendo a neve como protagonista.
    Gosto muito.
    Abraços de vida, querida amiga.

    ResponderEliminar
  7. Você pegou um dos maiores impressionistas, Majo! Existem razões para considerar Claude Monet como o mais impressionista dos impressionistas: o seu eterno gosto pelos espaços abertos, parques, jardins, o campo inundado de sol e a precisão com que conduzia os seus estudos de pintura, numa intenção de reproduzir as vibrações de luz e da cor variável das coisas. Em muitas paisagens, como o Monte de Feno, a Catedral de Ruão são os testemunhos significativos e o pretexto para Monet reproduzir os efeitos da luz, usava o azul, o branco, vários tons de vermelho e violeta. Enfim, os efeitos conseguidos eram maravilhosos.
    A sua coerência deu-lhe um papel relevante no grupo dos Impressionistas.
    Parabéns a você por trazer um gênio da pintura que eu adoro! Nasceu em Paris / 1840 - 1926. Adorei o vídeo!
    Um beijo, querida.

    ResponderEliminar
  8. Sempre que ouço o "Tombe la neige" associo uma imagem da minha meninice. Eu, no jardim de infância, a ver cair a neve através dos vidros do postigo de uma porta alta. Enfim, alta para uma criança de 3 ou 4 anos. :)
    Bonita seleção de arte, Majo.

    ResponderEliminar
  9. Boa Tarde, querida Majo!
    Pensamento final que não conhecia e amei!
    Telas belas e conteúdo edificante, como sempre.
    Bjm muito fraternal

    ResponderEliminar
  10. Também queria neve por cá :)
    Belíssimo post!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Uma postagem perfeita a condizer com o tempo que estamos a passar. São lindas as telas que escolheu.
    Tombe la neige é uma música muito bonita que ouvi nas festas dos meus primos mais velhos e que muito aprecio.
    Beijinho especial.:))

    ResponderEliminar
  12. Olá Majo, que bom que pode postar e assim generosamente nos apresentar
    estas belas obras ao som maravilhoso.
    Fantástico o olhar de Monet sobre o inverno, que creio muito mais severo na época.
    Assim um poema bem inspirado e rico em definições.
    Uma postagem para rever.
    Grato amiga.
    Bjs de paz.

    ResponderEliminar
  13. Majo...os quadros são lindos...o som espetacular e o poema pequeno mas interessante!
    Bom domingo amiga

    ResponderEliminar
  14. A música francesa marcou a minha juventude. Tinha um caderno de canções, que lamento imenso ter perdido, e organizava, com as amigas, tardes de cantoria. Tombe lá neige, além de a cantar, marcou bailes de juventude. Muito bom ter recordado.
    De Monet, que dizer?
    O poema, lindíssimo!
    Tudo em consonância e, como já é teu apanágio, de excelente bom gosto.
    BJ, amiga 😊

    ResponderEliminar
  15. Um percurso aconchegante, sem qualquer dúvida.
    brigado, Majo.

    Abraço

    ResponderEliminar
  16. Por aqui é só geada, mas é suficiente para queimar as plantas e fazer-nos enregelar!

    ResponderEliminar
  17. Estes quadros do Monet e o vídeo Tombe la neige ajudam-nos a passar este inverno do nosso descontentamento com alguma suavidade. Obrigado pela ideia. Gostei imenso!
    Abraço,

    ResponderEliminar
  18. Por aqui o Inverno parece que não quer mesmo chegar.
    Nem mesmo com a aproximação do Ano Novo Lunar, tradicionalmente frio.
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
  19. Olá Majo, Claude Monet um dos meus pintores preferidos, há muito tempo sonho visitar os jardins da sua casa em Giverny, espero em breve realizar este sonho.
    Estou tentando voltar a este maravilhoso convivo da blogosfera, têm sido tempos difíceis para mim, o animo tarda em voltar.
    Até breve e obrigada pela sua amizade.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Grandes artistas, tem tido a França! Olhe, hoje vai este poema
    http://vieiracalado-poesia.blogspot.pt/2017/01/o-coracao-conhece-o-segredo.html Os meus cumprimentos!

    ResponderEliminar
  21. Lindas imagens e uma escolha selecta, como sempre!
    É tão bom voltar...
    Beijinho

    ResponderEliminar
  22. (Então e o novo PC ainda não chegou?!)

    Volta depressa!! Beijinhos.

    ResponderEliminar
  23. Belíssimo post.
    Adoro a canção.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  24. Oi Majo, bela escolha, as imagens ficaram lindas.
    Não sei se ainda existem os belos jardins para visitação.
    Respira-se Arte de qualidade.
    Parece ontem que era Natal já estamos no final de janeiro
    É o tempo urge!
    Então bom finalzinho de janeiro.
    Abraços
    janicce.

    ResponderEliminar
  25. Então... me esqueci de dizer que está linda essa
    nova roupagem do blog.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  26. Boa tarde, maravilhosas obras de Claude Monet, as pinturas transportam os apreciador para dentro delas.
    A escolha musical é maravilhosa, o maestre Paul Mauriat e a sua orquestra interpreta excelentemente Tombe la neige do Salvator Adamo.
    AG

    ResponderEliminar
  27. ~~~
    GRATA A TODOS PELA COMPREENSÃO, AMIZADE E CARINHO.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ABRAÇOS SAUDOSOS.
    ~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  28. Consigo finalmente deixar-lhe uma mensagem. Que maravilha de post! Senti-me tão bem! É um dos meus pintores (impressionistas) preferidos. E quase dos preferidos em absoluto! Que linda escolha! E um belo poema sem dúvida. A neve seduz-me! A todos nós, suponho...É mágica. O comboio do Monet adoro! Um beijinho e obrigada pela beleza.

    ResponderEliminar
  29. Boa tarde, Majo

    São paisagens poéticas que nos trazem calma e tranquilidade.
    "Tombe la neige" recordou-me, como não podia deixar de ser,o talentoso Salvatore Adamo.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  30. Se cá negasse branqueava-se tanta coisa que atazanar a terra. Veio a chuva que, pelo menos, nos lava mágoas. Diz-se.
    Não a havendo a Majo trouxe-a está profusão de magia. Monet, neve e poesia.
    Bj, amiga.

    ResponderEliminar
  31. Txiiiiii! O que me vieste lembrar! A canção do Adamo! A minha irmã mais velha adorava-o!

    Beijinhos, Majo :)

    ResponderEliminar
  32. Belíssima selecção musical e de obras de arte, para celebrar a beleza desta estação fria...
    Adorei tudo!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  33. Oi Majo passei para dar mais uma olhadinha k.
    Já vi que tem postagem recente mais passo outra ora.
    Gosto de Arte e coisas boas não me canso de olhar.
    Bom começo de fevereiro.
    Abraços
    janicce.

    ResponderEliminar