terça-feira, 10 de janeiro de 2017

PEDRA FILOSOFAL


EM MEMÓRIA DOS QUE ENFRENTARAM A DITADURA

Do prof Rómulo de Carvalho - António Gedeão








  Poema - aqui  

16 comentários:

  1. Te confesso que tive muita emoção de ter postado esse lindíssimo poema, de Gedeão cantado por Manuel Freire, ainda em 2016. E adorei ter escutado aqui. Ótima sua postagem, Majo! Vi na coluna do blog e vim te parabenizar. Um dos meus poemas preferidos, senão o mais!
    Beijos, minha querida.

    ResponderEliminar
  2. Pedra Filosofal... nunca esquerecemos.

    ResponderEliminar
  3. Muito provavelmente o meu poema preferido em língua portuguesa.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Gosto muito do poema, e da canção. Tanto, mas tanto, que nos finais de 74, saio do Hospital em Luanda, depois de uma cirurgia de barriga aberta, que quase me levou desta para melhor, e com 3 pontos rebentados, e vou para um espetáculo, cuja atração final era precisamente o Manuel Freire. A meio do espetáculo, já não tinha posição de estar com tantas dores, mas aguentei firme até às duas e tal, hora a que acabou, exatamente com essa canção. Horas depois estava de novo internada no hospital.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Poema intemporal!
    Bela publicação!
    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Lindo de mais!!! E mais não digo...
    Bela escolha, Majo!

    Beijinhos livres...

    ResponderEliminar
  7. Boa partilha de memórias vivas
    Bj

    ResponderEliminar
  8. Bem lembrado. Escolhas magníficas.

    ResponderEliminar
  9. Pedra Filosofal! Um dos meus poemas preferidos desde a adolescência.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Uma escolha excepcional e uma partilha maravilhosa querida Majo
    O poema é belíssimo e ficou belíssimo na magistral voz de Manuel Freire
    Beijinhos poéticos

    ResponderEliminar
  11. Que bonita postagem Majo.
    Um eterno poema bem apresentado.
    A bela obra fica como presente aos apreciadores.
    Meu abraço.
    Bjs de paz

    ResponderEliminar
  12. Bonita pstagem, Majo. Um conjunto encantador!

    ResponderEliminar
  13. Pedra filosofal...sei de cor, cheguei a declamar ...

    tão belo!

    belissima postagem

    :)

    ResponderEliminar
  14. Adoro este poema e, claro, a sua mensagem!
    Beijinho :))

    ResponderEliminar
  15. ~~~
    É, DE FACTO, UM DOS NOSSOS MAGNÍFICOS, ENTRE OS POEMAS.
    FICO GRATÍSSIMA PELA MANEIRA COMO ABRILHANTARAM O MEU 'POST'...
    DIAS DE INVERNO MUITO FELIZES.
    ABRAÇOS CORDIAIS.
    ~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  16. Uma música lindíssima, que sempre me toca profundamente!...
    Já saiu por lá no meu canto, faz tempo!...
    Adorei poder recordá-la novamente por aqui, Majo!...
    Música e poema intemporais!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar