sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

~ TRADIÇÃO...


                              Dia de Reis

 

Conheço apenas  as janeiras pelo que delas contam e por uma brincadeira
que vivenciei em criança - residia em Lisboa com os pais - quando a simpática
 família de um casal de vizinhos naturais do distrito de Viseu, foi cantar à nossa
 porta, de noite, quadras populares engraçadas. Tinham saudades, porém, não
 cumpriram a tradição, porque foram eles a oferecer petiscos e doces típicos da
 sua região e, em grande divertimento, organizaram um convívio muito agradável. 
Na realidade, nas primeiras noites de Janeiro, ou na de Reis, era tradição grupos
de amigos cantarem em coro, quadras populares com alusões aos donos da casa
visitada, após o que eram recebidos com muita alegria e servidos com iguarias. 
Penso que depois do aparecimento da televisão, esta tradição ficou um pouco
em desuso no norte do país e é mais praticada por crianças durante o dia.


  Natal dos simples  







42 comentários:

  1. Enquanto meus pais viveram sempre os inscrevia na paróquia para que lhes fossem cantar as janeiras, uma vez que sendo eles do norte do país tinham sido embalados nessa tradição. Depois que faleceram, só assisto ao cantar das janeiras no encerramento da época natalícia, ou na Igreja ou no Jardim da cidade.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Elvira, não me diga que a Igreja também se envolveu nas Janeiras...
      Sem dúvida, para receber um envelopinho fechado...
      Enfim...
      Abraço.
      ~~~

      Eliminar
  2. E Natal dos Ortodoxos e dos Espanhóis.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro, os espanhóis celebram o Natal e o Dia de Reis.
      Beijinhos.
      ~~~~

      Eliminar
  3. Eu só lamento que haja quem se preste a ir cantar as janeiras pelo oportunismo, isso é que eu lamento!
    De resto, que a tradição se mantenha...
    Um maravilhoso 2017 para si e para os seus!
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo.
      Obrigada, Rui.
      Abraço.
      ~~~

      Eliminar
  4. O dia de Reis está praticamente acabado.
    Talvez fosse festa a mais...
    Tem um bom fim de semana, querida amiga Majo.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com a festa de reis dos «nuestros hermanos»,,,
      Beijo.
      ~~~

      Eliminar
  5. Há muitas tradições que vão entrando em desuso e desaparecendo, o que é uma pena. Por isso, posts como este são importantes, porque nos relembram os costumes e vivências dos nossos antepassados. Lembro-me dos meus avós e dos meus pais referirem este hábito, mas eu não me lembro de alguma vez o ter praticado.

    Um beijinho, querida Majo, e um feliz Dia de Reis :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gratíssima pelas suas palavras sempre preciosas, querida amiga.
      Beijinho, Smile.
      ~~~~~~~~

      Eliminar
  6. Boas festas, um excelente ano com saúde.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço e retribuo, Manuel Luís.
      Dias felizes.
      ~~~~~~

      Eliminar
  7. Na simplicidade das tradições moram nossas memórias afetivas!
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a pura verdade, estimada poetisa.
      Abraço.
      ~~~

      Eliminar
  8. Infelizmente, a tradição já não é o que era! Mas foi bom trazer aqui essas lembranças.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Consta que em certas localidades fazem questão de a manter.
      Abraço, Manuel.
      ~~~~~~~~

      Eliminar
  9. Querida Majo:
    A unica tradição que se cumpria na casa de meus pais (espanhóis) era uma pequena comemoração numa refeição bem parecida com a do Natal, bacalhoada, castanhas, bolinhos de bacalhau, rabanadas, e desarmava-se a arvore de Natal erguida na sala, no dia seguinte.Meu pai nada religioso seguia esse ritual para não desagradar minha mãe, eu apenas respeito as tradições alheias, mas não cumpro nenhuma.
    beijinhos, Léah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beijinhos, querida amiga.
      ~~~~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  10. As primeiras e únicas janeiras que ouvi foram as cantadas pelo José Afonso no seu LP Natal dos Simples que comprei em 73 quando estava a fazer estágio para professora e as apresentei na aula de Português do início de janeiro... Muito lisboeta... pouco dada a tradições...

    Beijinhos com ou sem tradição...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estimada amiga, Lisboa também tem as suas tradições populares...
      Alfacinha de gema... ou pedra preciosa lisboeta... Rsrsrsss...
      Beijinhos, Graça.
      ~~~~~~~~~~

      Eliminar
  11. Moro em uma grande cidade em que quase não se vê a comemoração do dia de reis! No entanto, as guloseimas disponíveis, como o bolo de reis com figo, nozes e passas.....huuuuuummmmm. são uma ótima lembranças ao paladar!!!

    Beijinhos MAjo!

    Bia
    www.biaviagemambiental.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente como eu, Bia.
      Por aqui, só se comemora com bolo-rei.
      Beijinhos, querida amiga.
      ~~~~~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  12. Gosto de ouvir cantar "as Janeiras" mas aqui na aldeia...já não há essa tradição!
    Bj

    Se tiver tempo...espreite aqui:
    https://mgpl1957.blogspot.pt/2017/01/biblioteca-municipal-de-miranda-do-corvo.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se deviam perder hábitos de bom e alegre convívio.
      Beijinho, Gracinha.
      ~~~~~~~~~~

      Eliminar
  13. Reportei-me ao tempo em que, eu e o mano, íamos cantar as janeiras de porta em porta. Tão lindos e doces eram os cânticos. Uns serviam para toda a gente; contudo, para os conhecidos, fazíamos quadras apropriadas. Abriam-nos sempre a porta e elogiavam a nossa performance 😂
    Agora, ainda há alguns grupos que as vão cantar, mas já rareiam.
    BJ, amiga 💓

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Odete... acho essa recordação linda e tocante...
      Grata por colaborares.
      Beijo, estimada amiga.
      ~~~~~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  14. Confesso que preferia fazer como os espanhóis...
    No dia de Reis poderia haver a troca de prendas... e o Natal, poderia ser assim bem melhor apreciado no seu verdadeiro espírito, em família... sem adulteração do que verdadeiramente deve ser partilhado no dia de Natal... bons sentimentos, e a alegria de poder partilhar momentos, com os que nos são mais próximos...
    Como sempre um post fantástico!...
    Beijinhos, Majo! Esperando que tenha tido um feliz Dia de Reis, desejo-lhe um óptimo fim de semana!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo consigo. Também preferia que a celebração
      das ofertas fosse distinta do Natal.
      Grata pela colaboração, Ana.
      Beijinhos, querida amiga.
      ~~~~~~~~~

      Eliminar
  15. Quanta coisa apetitosa neste post... Já cá devia ter passado antes para janeirar... :))

    Gosto da foto do cabeçalho... Lagos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos duas. Também sou gulosa, Luisa e gosto destes doces...
      Lagos, sim... Tem andado brilhante por estes dias...
      Beijinho.
      ~~~~

      Eliminar
  16. Infelizmente cada vez mais adoptamos tradições estrangeiras como o Halloween e perdemos as nossas... Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda!
      Gostei muito da sua colaboração.
      Beijinhos.
      ~~~~~

      Eliminar
  17. Há memórias que ficam para sempre, Majo, são elas que ajudam a adornar os nossos dias.
    Gostei da alusão à família de Viseu.

    Um 2017 em grande!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, Agostinho.
      Talvez tivesse sido sorte, mas a verdade é que conheci várias pessoas de Viseu
      e todas eram impecáveis...
      Beijinho, AC.
      ~~~~~~~~

      Eliminar
  18. Majo primeiro elogiar este painel do blog, lindo lugar.
    Uma tentação as imagens da postagem que atiça a formiguinha aqui,kkk
    Uma tradição que por aqui não conheço como relatada numa saudade sua.
    Muito se perdeu dos contatos de pessoas nas festas tradicionais, noto isto com relação ao Natal de minha infância, onde os amigos apos ceia ainda passavam casas dos vizinhos mais próximos.
    Ficam em nós as lembranças que nos inspiram pela vida.
    Um abração com carinho amiga.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O painel é a foto de parte da avenida marginal da cidade onde vivo - Lagos.
      Tomava um café consigo, acompanhado destes doces... Também sou formiguinha...
      Gratíssima por abrilhantar o meu blogue, amigo.
      Retribuo o grande abraço carinhoso.
      Beijo, Toninho.
      ~~~~~~~~

      Eliminar
  19. Na Figueira mantém-se a tradição de Reis de várias formas, culminando no teatro.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei muito de saber, Ana.
      Beijinho
      ~~~

      Eliminar
  20. A Tradição vai-se perdendo (infelizmente) e as nossas raízes também. Tenho pena e saudades.
    A renovação dos costumes deveria fazer parte dos currículos.
    Um Post de sabedoria e tradição. Gostei. Que se olhe para o outro lado da fronteira...


    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico grata por ter colaborado neste tema, Sol.
      Beijo amigo.
      ~~~~~~

      Eliminar
  21. Penso que em certas zonas de Trás-Os-Montes ainda se cantam as Janeiras.
    Eu própria tive essa experiência quando andei por lá...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  22. Grata pela participação, Graça.
    Beijinhos.
    ~~~~

    ResponderEliminar