domingo, 19 de março de 2017

~ HOMENAGEM AOS PAIS



Este ícone ortodoxo emociona-me.
Dia de S José

A todos, um dia muito especial, em memórias e júbilo.


       ~~ Balada para Adeline ~~

Foi criada por Paul de Senneville, para celebrar o nascimento de sua filha.
Paul era jornalista, com o dom especial de criar música, sem a saber escrever
- chamam-lhe melodista - ele trauteia, grava e entrega a escrita a um músico.
Na altura, já tinha parceria com o compositor e produtor Olivier Toussant
e foi este que convidou o, então, jovem pianista Richard Clayderman
para compor um arranjo harmonioso, doce e suave como pretendiam...
Foi imediatamente um grande sucesso musical que catapultou a carreira
dos três músicos, levando-os à fama e estrelato... Decorria 1976...
Adeline, bebé, ficou célebre.




          ~ Vendo-a sorrir ~

Filha, quando sorris, iluminas a casa
Dum celeste esplendor.
A alegria é na infância o que na ave é asa
E perfume na flor.

Ó doirada alegria, ó virgindade santa
Do sorriso infantil!
Quando o teu lábio ri, filha, a minha alma canta
Todo o poema de Abril.

Ao ver esse sorriso, ó filha, se concentro
Em ti o meu olhar,
Engolfa-se-me o céu azul pela alma dentro
Com pombas a voar.

Sou o Sol que agoniza e, tu, meu anjo louro,
 És o Sol que se eleva.
Inunda-me de luz, sorri, polvilha de oiro
O meu manto de treva.

 Guerra Junqueiro 
Poesias Dispersas 


~~ Alegre e feliz Domingo ~~

Abraços cordiais, Amigos.




Fontes - 

24 comentários:

  1. Linda homenagem aos Pais.
    A escolha da canção ficou perfeita Majo e este belo poema completa esta magnífica homenagem
    Parabéns aos papais!
    Beijos e um feliz domingo

    ResponderEliminar
  2. Magnífica música, conheço.
    Desejo aos pais portugueses toda a felicidade, são referências dos filhos, sua missão é guiá-los pelo caminho da honestidade, da moral, do saber, da dignidade.
    E a você, Majo, bela homenagem, parabéns.
    Gostei do blog de 'roupinha nova'...
    Beijo, querida amiga.

    ResponderEliminar
  3. Além do cuidado e beleza da postagem, que realço, toca-me o poema: este ano o sentir de pai/filho e avô/neto fundem-se no mesmo encantamento. Sabes bem porquê.
    Bjo, Majo :)

    ResponderEliminar
  4. Tão bela esta homenagem aos pais! Gostei da excelente música e do poema de Guerra Junqueiro. Parabéns a todos os pais. Infelizmente não tenho o meu desde os 7 anos... Obrigada, Majo, por este seu post.
    Um bom dia para si. Um beijo.

    ResponderEliminar
  5. Um belo e tocante post-mensagem ao alicerce familiar - o pai - e São José, o protetor das famílias que com seu exemplo muito nos ensinou: - misericórdia e humildade!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  6. ~~~
    LUÍS CC ESCREVEU...

    «Bom dia
    Quero agradecer-lhe a amizade e simpatia.
    E que todos os dias sejam de paz, amor e alegria.»
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  7. Bonita balada, excelente poema. Uma homenagem muito bonita a todos os pais. Dia 28 deste mês, faz 8 anos que perdi o meu.
    Gosto do novo Layout.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  8. A canção é belíssima.
    Gostei do post, é uma magnífica homenagem a todos os pais.
    Obrigado pela parte que me toca...
    Majo, tem um bom domingo e uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  9. Uma bonita homenagem, gosto da música e o poema é lindo. Um feliz dia a todos os bons pais, como o meu. :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  10. Sensibilidade a tua na expressão dum sentir sereno e profundo.
    Por mim, aqui fica o meu muito obrigado.
    Beijinhos, querida amiga.

    ResponderEliminar
  11. Também sou Pai neste Dia;
    Sinto que fiz tudo bem.
    Adentro dessa alegria
    Sinto saudades, também.

    Grato pela parte da Homenagem que me toca. Poemas e música a preceito.


    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  12. A postagem reflete a sua sensibilidade para este Dia. Um vídeo maravilhoso, bem como a poesia do nosso Guerra Junqueiro. Parabéns!
    Abraço,

    ResponderEliminar
  13. Lindíssima melodia!!! Muito bem escolhida. Só tenho pena de não ser pai... :)))

    Beijinhos risonhos...

    ResponderEliminar
  14. Belíssimo o Ícone ortodoxo, belíssima a Balada.
    Desconhecia a origem da mesma, mas só podia resultar daquilo que é mais importante na vida de um Pai/Mãe, o nascimento de um filho.

    Quando a alma está presente, quando a sensibilidade guia a mão, o resultado só pode ser este: beleza!

    Um grande obrigada, Majo.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  15. Homenagem bela
    Hoje tive-as
    e a mais inesperada,
    foi dela

    da mãe

    Há melhor testemunho
    para se ser bom pai?

    ResponderEliminar
  16. Boa noite, Majo

    Foi um momento emocionante este ao tomar contacto com esta bela homenagem dedicada ao Dia do Pai.
    Gostei da imagem, da música, do poema. Tudo excelente.

    Obrigada, minha amiga.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  17. Ando um pouco a leste da blogosfera, razão da minha chegada tão tardia. Ainda que a destempo, o meu agradecimento pela bela homenagem dedicada aos pais.

    ResponderEliminar
  18. Para este pai o Dia do Pai foi uma boa m..@!
    Aqui continuam com a mania que o dia do pai é o Father's Day em Junho.
    Não é, é 19 de Março, dia de São José.
    Que, que eu saiba, não tinha descendência britânica.
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
  19. Majo achei interessante esta data estar ligada ao dia de São José, que para nós mineiros, é dia que esperamos pela ultima chuva e geralmente era do tipo enchente, a qual chamamos da Enchente de São José. quando se planta o milho e o amendoim que serão usados no período das festas de São João em Junho. Aqui uma bela história de uma musica e carreira de músicos.Lembro bem da canção e curtia muito o Richard.
    Muito bonita homenagem nesta postagem poesia/musica ao tempo que parabenizo todos os pais de Portugal e em especial aos de sua família;
    Uma semana maravilhosa com paz e harmonia e que os pais sejam cada vez mais pais.
    Meu carinhoso abraço.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  20. Bonita partilha dedicado a todos os pais.
    Relativo a mim, já não tenho o meu, faz 10 anos... Mas agradeço enquanto pai de duas meninas sendo que e no fundo, tal como referi no dia das mulheres e nos demais dias, dia de... é todos os dias!
    Bjs

    ResponderEliminar
  21. ~~
    ACREDITEM, AMIGOS, QUE HÁ PAIS QUE, SÓ POR VEREM O ÍCONE RELIGIOSO,

    ABSTIVERAM-SE DE COMENTAR E SEI QUE SÃO CAPAZES DEFENDER EM QUALQUER

    PARTE, O DIREITO À LIBERDADE RELIGIOSA E O RESPEITO AOS VÁRIOS CREDOS.

    FICO GRATA A VÓS PELA PARTICIPAÇÃO, CARINHO E APOIO.

    ABRAÇOS AFETUOSOS...
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  22. Apaixonada por Arte Sacra, sou. Toda! Desde muito miúda, aprendi a olhá-la e a amá-la. Comove-me. Não há terra por onde passe, que não a procure e dela desfrute.A poesia e a música a condizer! Parabéns, Majo, e , ria-se , sinto-me abrangida: acho que tod@s somos um pouquinho pais e mães!...Ou nãp?!...

    ResponderEliminar
  23. Uma lindíssima forma de assinalar o Dia do Pai, uma vez mais com escolhas notáveis... e eu sempre aprendendo algo por aqui, em cada post... Desconhecia a história que estaria por trás desta Balada, tão conhecida...
    Como sempre, partilhaas incríveis!
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar