terça-feira, 4 de abril de 2017

PELAS CRIANÇAS DE ALEPPO.



Armik é um talentoso arménio iraniano,
 apaixonado pela guitarra clássica espanhola...



Um espaço onde «os afetos e emoções são
a sinfonia da alma»

«...à nossa maneira, enxugamos com poemas os rostos
esgotados, desnutridos e sem lágrimas de Aleppo»


 «Seis anos depois, Aleppo ousa sonhar com o fim da Guerra da Síria» - Aqui


Crianças de Aleppo orfãs - BBC - Aqui
  ~ UM LIVRO DE POEMAS A FAVOR DA UNICEF ~

Sobre a apresentação - aqui.

Um livro de adultos a favor de crianças.

~ Ainda vai a tempo ~
~~ Participe... é muito fácil... veja... ~~
                                                                                                                                               

Ótima notícia!
O livro vai ser brevemente apresentado no Brasil.

Fontes das fotos - A - B - C

25 comentários:

  1. É tão triste o que se está a passar na Síria, mas ninguém liga, ignora-se nas notícias, parece que não se passa nada. Nenhuma criança deveria passar pelo que essas crianças passam. :( Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  2. Já o tenho à muito. Cada dia pior. Agora são as armas químicas.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Fui à apresentação que houve no sábado em Lisboa, onde adquiri os meus exemplares. Foi uma cerimónia comovente e é muito bom que muita gente compre o livro, já que reverte na totalidade para a UNICEF e muitos e bons autores participaram nele. Que bom ir ser apresentado no Brasil.
    Um beijo, minha Amiga Majo.

    ResponderEliminar
  4. Querida Majo
    O coração sangra de dor pelo sofrimento dessas crianças. O que mais entristece é que a sociedade é conivente e fecha os olhos para todas estas barbáries
    E desfilam lépidos e fagueiros falando de paz
    Que paz pode haver quando se coloca a cabeça no travesseiro e dorme o sono dos nobres quando nada foi feito por estes inocentes?
    Uma postagem magnífica e oportuna minha amiga
    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Obrigada pela partilha sobre um tema que nos obriga a repensar na vida!!!bj

    ResponderEliminar
  6. Pensamentos e ações que fizermos ainda serão poucos por essas crianças sofridas... Humanizemo-nos!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  7. Que esta magnífica, bem documentada e arrepiante postagem, grite bem alto em uníssono com o livro "Cinco Lágrimas por Alepo"para que os Senhores da guerra deixem chover lágrimas de Paz.
    Obrigados, Majo!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  8. Que pavor!! Nada na Natureza é pior que o bicho homem! Uma tristeza, uma vergonha universal, coisa monstruosa!!

    ResponderEliminar
  9. Boa noite, querida Majo!
    Amiga, é duro ver os noticiários sobre esta questão! Sofro calada... é uma desumanidade e me reporto aos netos... meu Deus !
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  10. Muito triste, acho que para isso não temos palavras, Majo... As fotos são martirizantes, e aí podemos ter a dimensão do bem e do mal. Como o ser humano pode ter esse lado?
    Um beijo, querida amiga.

    ResponderEliminar
  11. Arrepia só de olhar :(
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Dramático para toda aquela gente! Mas as crianças!!!...Abraço,

    ResponderEliminar
  13. Uma excelente iniciativa.
    Porque as crianças merecem tudo.
    Bom resto de semana, amiga Majo.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  14. E depois do dramático bombardeamento, por estes dias... iniciativas, como a da Manuela, deve ter o maior alcance e projecção possível... razão pela qual também destaquei tal iniciativa, no meu canto!
    Um dó de alma, ver imagens desta cidade antes e depois da guerra!
    Beijinhos, para ambas! Desejando que o projecto da Manuela, tenha o maior êxito possível!
    E os meus parabéns, por contextualizar tal projecto, com um conteúdo informativo notável, neste seu post, Majo!
    Ana

    ResponderEliminar
  15. Muito triste!
    As crianças não merecem sofrer...
    :(

    ResponderEliminar
  16. Bonita iniciativa diante de tanta tragédia. Fico muito triste quando escuto uma notícia de lá.
    Beijinhos estalados...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo comentário.
      Passando para desejar uma ótima e abençoada semana. Beijos...

      Eliminar
  17. Olá Majo!
    A solidariedade é a nossa mais eficiente arma contra a burrice dos gananciosos.
    Enquanto bombas estourarem sobre inocentes o mundo será este mar de maldades sob os escombros.
    Uma boa e bela proposta e espero que logo tenhamos como adquirir o livro.
    Fui aos links e dói e nos alivia o poema de Manuela com toda sua arte em pro desta causa.
    Uma postagem para compartilhar é o que farei amiga.
    Um bom fim de semana para voce.
    Bjs.

    ResponderEliminar

  18. Bem haja por esta divulgação, Majo. É muito importante.
    Por vezes, as pessoas não colaboram por desconhecimento.
    Levar às pessoas esta onda de solidariedade fará com
    que haja uma consciencialização maior do sofrimento
    por que passam as crianças de várias partes do mundo,
    no caso as Crianças de Alepo.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  19. ~~~
    A TODOS A MINHA GRATIDÃO PELA GENEROSA COLABORAÇÃO NA DIVULGAÇÃO

    DESTA DÁDIVA, TÃO SIMPLES DE EXECUTAR...

    A CADA UM, UM ABRAÇO DE PAZ, COM O MEU BEM-HAJA.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  20. me pergunto, como podemos ainda estar tão animalizados, como podemos magoar tanto os nossos irmãos, é mau demais.

    ResponderEliminar
  21. Profundamente doloroso.
    Uma iniciativa louvável.
    Que outra coisa salvará o mundo senão o amor, a fraternidade e a solidariedade?
    Beijo, Majo.

    ResponderEliminar
  22. "Cinco lágrimas por Alepo", um livro que vai ser apresentado no Brasil com a finalidade de ajudar as crianças sírias e, simultaneamente, contribuir para a paz. Na verdade, também, tive o privilégio de ser coautora.
    Esta publicação é um belo ato de solidariedade.

    Beijinho, querida Majo.

    ResponderEliminar
  23. Uma barbárie da qual não poderemos demarcar-nos, enquanto cidadãos do mundo e esta "postagem" é uma boa intervenção pela causa!
    Beijinho

    ResponderEliminar