***

*** PAISAGEM CULTURAL MARÍTIMA DOS AÇORES ***
A montanha e parte da Ilha do Pico vistas de uma zona elevada da ilha do Faial. As ilhas estão separadas por um estreito de 8,3 Km de largura, que é designado por Canal do Faial, expressão que deu título ao romance de Nemésio. O mar agitado prejudicou este ano as atividades da Semana do Mar.
~~ A fotografia - «Moinhos da Ilha do Faial» - é da autoria de Fernando Araújo.~~

terça-feira, 20 de junho de 2017

~~ AÇORES ~~



Música de Rodrigo Leão

~~~ Açores ~~~

Há um intenso orgulho
na palavra Açor
E em redor das ilhas
O mar é maior

Como num convés
Respiro amplidão
No ar brilha a luz
Da navegação

Mas este convés
É de terra escura
É de lés a lés
Prado agricultura.
É terra lavrada
 Por navegadores
E os que no mar pescam
São agricultores 

Por isso há nos homens
Aprumo de proa
E não sei que sonho
Em cada pessoa

As casas tão brancas
em luz de pintor
Quem pintou as barras
Afinou a cor
Aqui o antigo
Tem o limpo do novo
É o mar que traz
De largo o renovo

E como num convés
De intensa limpeza
Há no ar um brilho
De bruma e clareza

É convés lavrado
Em plena amplidão
E o mar traz
As ilhas na mão
Buscámos no mundo
Mar e maravilhas
Deslumbradamente
Surgiram nove ilhas.

E foi na Terceira
Com o mar à proa
que nasceu a mãe
do poeta Pessoa

Em cujo poema
Respiro amplidão
E me cerca a luz
Da navegação
Em cujo poema
Como num convés
A limpeza extrema
Luz de lés a lés

Poema onde está
A palavra pura
De um povo cindido
Por tanta aventura

Poema onde está
A palavra extrema
Que une e reconhece
Pois só no poema

Um povo amanhece

Poema de Sophia de Mello Brayner Andresen
O Nome das Coisas
1977

30 comentários:

  1. Faz este verão 2 anos que conheci os Açores e posso dizer que vim de lá apaixonada! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  2. Moro numa aldeia de nome Vale_do_Açor pois neste vale sobrevoavam muitas aves!
    O poema é maravilhoso ... Bj

    ResponderEliminar
  3. Poema maravilhoso acompanhado de um belo vídeo!Tudo bem escolhido! Adorei! bjs, chica

    ResponderEliminar
  4. Um poema muito bonito, e um vídeo que nos mostra que o paraíso existe. Adorei ver.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Poema "Açores" que nos incita ao belo verbal e extraverbal. Magnífica postagem! Felicito-a!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  6. Muito lindo o poema. Quanto aos Açores... são uma pequena maravilha, restinho da Atlântida...

    Beijinhos atlânticos...

    ResponderEliminar
  7. Que poema maravilhoso Majo
    E ao ler e adentrar no contexto somos transportados pelas paisagens dos açores
    Beijos e uma linda semana

    ResponderEliminar
  8. Imperdoavelmente ainda não visitei os Açores.
    Acontecerá um dia de certeza.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Maravilhoso poema! Adorava visitar os Açores.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Ao som da música de Rodrigo Leão li o poema da Sophia. A beleza dos Açores merece tudo...
    Um beijo, minha Amiga Majo.

    ResponderEliminar
  11. Sempre a encantar com as suas publicações!
    Gostei, assim como gostava de ir aos Açores...
    bjs

    ResponderEliminar
  12. Que dizer do poema de Sophia M. B. Andresen? Lindo! Recordo uma viagem que fiz aos Açores há uns anos. Na ilha de S. Miguel, a nossa guia levou-nos a um lindo jardim, numa encosta, com o mar ao fundo. Batizei-o: o PARAÍSO NA TERRA...
    O meu abraço,

    ResponderEliminar
  13. Olá Majo!
    Depois de dias tão trágicos, ler este poema acalmou a minha alma e aumentou o orgulho no meu povo. «Um povo que amanhece.»
    A tua escolha foi perfeita.
    (Obrigada por me "levares" até aos Açores.)
    Beijo.




    ResponderEliminar
  14. Majo
    dos Açores conheço a Ilha verde S.Miguel, onde já fui várias vezes, este ano queria agendar uma viagem até lá, pois gostaria de fotografar as belezas naturais daquela ilha que são imensas.
    gostei desta postagem.
    um beijo
    :)

    ResponderEliminar
  15. Que poema mais bonito, Majo. Intenso do início ao fim. Adorei o vídeo sobre Açores. Deve ser mais uma lugar fantástico para conhecer em Portugal.

    Beijinhos...

    ResponderEliminar
  16. Una maravilla de isla, una perla del mar y un orgullo de hombres y mujeres que la habitan y viven viendo el mar y respirando ssus yodos y la hondura del salitre que es un perfume más de la naturaleza.

    Afectuosamente. Franziska

    ResponderEliminar
  17. ... "e o mar traz as ilhas na mão ..." encantadora escolha! Bjs.

    ResponderEliminar
  18. Cuide-se, Majo. Aguardarei seu retorno, com suas belas e interessantes postagens. Abraços.

    ResponderEliminar
  19. Lindo este poema que não conhecia, assim como não conheço os Açores, Fiquei a saber nele que a mãe de F Pessoa era de lá. Muito obrigada, amiga, pelo belo momento e espero que esses problemas de saúde não sejam graves e que depressa voltes ao nosso convívio. Um beijinho
    Emilia

    ResponderEliminar
  20. Um poema magnífico para um lugar de fantasia. Nota-se em ambos o respirar solto e jovial.
    Desejo que os motivos do intervalo, referidos em rodapé, sejam rapidamente ultrapassados.
    Bj.

    ResponderEliminar
  21. Um excelente poema, que dá gosto ler e reler.
    Espero que resolvas os teus problemas de saúde com facilidade e rapidez.
    Bom fim de semana, amiga Majo.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  22. Quando o Açor volteia pelos Céus
    Segura as ilhas no agudo olhar.
    Encantos, tamanhos, cobertos de véus
    Se escondem entre brumas de encantar.


    Que o descanso te faça recuperar dos males que te afligem.
    Beijo
    SOL

    ResponderEliminar
  23. Olá Majo,

    O video é deslumbrante e nos oferece um passeio maravilhoso a Açores.
    O poema da Sophia de Mello Brayner Andresen é magnífico.
    Bela postagem, amiga!

    Espero que você se restabeleça com brevidade dos problemas de saúde.

    Agradeço-lhe o carinho e o prazer da linda e gratificante interação nesse mundo virtual.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  24. ~~~
    QUEIDOS AMIGOS, É MUITO AGRADÁVEL SABER QUE GOSTARAM DESTE POEMA

    DE SOPHIA ANDRESEN... GRATA PELO ESTÍMULO, CARINHO E AMIZADE.

    ~~~ ABRAÇOS ~~~

    ResponderEliminar
  25. Açores, mas que paraíso, Majo, conheci aqui, nessa tua linda postagem acompanhada do belo poema, casamento perfeito vídeo/poema!
    Saio daqui encantada, estava precisando...
    Beijo, querida amiga, desejo de recuperação rápida!!!

    ResponderEliminar
  26. Açores é sinónimo de paixão, daí que som e o poema estejam muito bem colocados na postagem.
    (Só conheço S. Miguel; para o Pico já tive inúmeros convites - um cunhado é de lá - mas ainda não me decidi.
    Bjinho

    ResponderEliminar
  27. Ah, que minha amiga tem feito festa por aqui.
    Tinha mesmo que vir hoje me atualizar nesta noite fria de Salvador(coisa rara) estar nesta pagina, é maravilhoso. O vídeo é sem comentários Majo.
    Que bom ter voce com esta sede de derramar coisas belas e não findas.
    Amei.
    Bjs

    ResponderEliminar
  28. Como eu gostava de conhecer os Açores.
    Agora, então, sem hipóteses :(
    beijinhos

    ResponderEliminar
  29. Um post absolutamente fascinante!
    Incrível trabalho, como sempre, Majo!
    Parabéns pelas suas notáveis escolhas!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar