***

*** PAISAGEM CULTURAL MARÍTIMA DOS AÇORES ***
A montanha e parte da Ilha do Pico vistas de uma zona elevada da ilha do Faial. As ilhas estão separadas por um estreito de 8,3 Km de largura, que é designado por Canal do Faial, expressão que deu título ao romance de Nemésio. O mar agitado prejudicou este ano as atividades da Semana do Mar.
~~ A fotografia - «Moinhos da Ilha do Faial» - é da autoria de Fernando Araújo.~~

sábado, 4 de fevereiro de 2017

~ P. DOMINGO EM OMÃ

    






Placido Domingo na Ópera Real de Mascate


Um de 3 fortes feitos por Portugueses em Mascate, Omã. A outro chamam  «gémeo» - Aqui



Depois  de ter conquistado o público do Oriente onde é muito admirado
e estimado - tanto na China, como no Japão - o famoso tenor, aos 76 anos,
aceita o desafio de atuar como regente de orquestra em performances
deslumbrantes, na magnífica Casa da Orquestra Real de Omã, em Mascate,
mandada construir pelo sultão Said Al Said, apreciador de música e arte.
No edifício funciona também um centro cultural, mercado e centro de arte.
Terminada a construção em 2011, foi inaugurada a 12 de Outubro
com a célebre ópera de Puccini, Turandot, conduzida por Plácido Domingo
e com a atuação do tenor Mário João Alves de Portugal - Veja.
Recentemente apresentou nesta casa, música de Tchaikovski
 e Beatrice Rana, uma pianista italiana.







O átrio na entrada

Ao fundo um enorme orgão tubular... 

A coreografia  sumptuosa de Turandot na estreia. 

O camarote real.

Euronews
«Plácido Domingo arrebata Omã com Tchaikovski» - Aqui

Mais fotos - A
Sobre Mário João Alves. - B
C - De Tundarot, a ária «Nessun dorma» legendada em castelhano. 

22 comentários:

  1. Tudo de uma magnificência sumptuosa! Ouvi a pianista Beatrice Rana ao piano. Placido Domingo a interpretar Tchaikovski só se pode gostar imenso...
    Um bom fim de semana, minha Amiga Majo.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. Muito interessante ver Placido Domingo a dirigir uma orquestra, e que orquestra!
    A Casa da Orquestra Real de Omã é de uma beleza e riqueza ofuscante, tudo em grande mesmo! Amiga Majo, depois de uma pausa sabática, fiz uma "limpeza" e voltei com outro nome (o meu) e outro blogue, para visitares quando puderes, pois gostaria muito de saber a tua opinião.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  3. Será que o comentário "segue"? Grande Ópera a Turandot e bela a voz de Placido Domingo. O Palácio de Oman ...das Mil e uma Noites. Tanta coisa bela! Um bom fim de semana...

    ResponderEliminar
  4. Majo, custei um pouco a encontrar a música (Tchaikovski) no Aqui . Não desisti e encontrei! Maravilhoso tudo, a Casa da Orquestra Real de Omã é algo suntuoso, fantástico.
    Valeu a partilha, querida amiga!
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  5. Um luxo, para ver e ouvir. :)

    ResponderEliminar
  6. Bom dia Majo.

    Belo poste que não resisti a partilhar no FB.

    Que riqueza. Que voz.

    Beijinho,

    Ana

    ResponderEliminar
  7. á Agradeço sua visita ao meu espaço. Apreciei o seu post que nos mostra a suntuosidade da Casa da Orquestra Real de Omã. Plácido é memorável. Abraços
    Vplte sempre.

    ResponderEliminar
  8. Por aqui estou sempre a aprender. Adorei ver estas fotos! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  9. Estive aqui ontem. E pensava que tinha comentado. devo ter pensado que cliquei no publicar e saí sem clicar.
    As fotos mostram que a Casa Real da Orquestra de Omã, é digna de ser admirada.
    Interessante ver Plácido Domingo a dirigir a orquestar.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  10. Vi-o aqui em Macau.
    Absolutamente extraordinário!!
    Beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
  11. Maravilhas deste mundo virtual! Foi possível adentrar a manhã na Casa Real da Orquestra de Omã e tomar o meu café com Beatrice Rana, Plácido Domingo e Checovsky penetrando intensamente todo o ambiente.
    Grata.
    Voltarei naturalmente.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  12. E assim entrei na sumptuosidade da manhã, com o brilhantismo da orquestra, da voz e do ambiente.
    Grata.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  13. Plácido Domingo, como ele tão bem sabe dirigir a orquestra! Que bela esta Casa da Orquestra Real de Omã, que eu não conhecia.
    Abraço

    ResponderEliminar
  14. Não resisti a colocar no FB.

    Obrigada pela possibilidade de poder partilhar.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  15. Amiga, já nem sei que te dizer. Sempre a presentear-nos com belíssimas partilhas, onde o teu bom gosto prima!
    Bjo, Majo :)

    ResponderEliminar
  16. Um post... esmagador... quanto à qualidade do seu conteúdo, Majo!
    Muitos parabéns! Como sempre um trabalho excepcional!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  17. A sumptuosidade dos petrodólares é evidente.
    Agora os mecenas estão no Médio Oriente.
    Bj.

    ResponderEliminar
  18. Olá Majo, estive vendo o clip de Beatrice e Placido, uma maravilha de vídeo com uma introdução fantástica com imagens do deserto. Uma raridade esta apresentação e a casa é um palácio suntuoso.
    Muito boa postagem Majo.
    Beijos

    ResponderEliminar
  19. ~~~
    MASCATE SEMPRE FOI UM EXCELENTE PORTO COMERCIAL, DESDE O TEMPO EM QUE
    POR LÁ ANDARAM DOS PORTUGUESES. OMÃ TEM POUCO PETRÓLEO, PORÉM, POSSUI
    MONTANHAS O QUE POSSIBILITA ALGUMA AGRICULTURA E CRIAÇÃO DE CAPRINOS.
    COM A PESCA, TURISMO E COMÉRCIO, O PAÍS NÃO DEPENDE EXCLUSIVAMENTE DO
    PETRÓLEO COMO OS PAÍSES VIZINHOS. TEM UM ELEVADO RENDIMENTO E ESTÁ NA
    LISTA DOS 100 PAÍSES MAIS PACÍFICOS DO MUNDO.
    O CENTRO CULTURAL QUE INCLUI A CASA DE ÓPERA, DESTINA-SE À DIFUSÃO DE
    DE ATRAÇÃO PARA O TURISMO CULTURAL, UMA OFERTA PARA A QUAL PORTUGAL TEM
    TIDO MUITO POUCA HABILIDADE.
    AGRADEÇO MUITO A VOSSA COLABORAÇÃO. ABRAÇOS.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  20. este nosso mundo também é povoado de maravilhas e aqui posso vê-las!
    Grata
    beijinhos

    ResponderEliminar