***

~~~ Serra da Arrábida ~~~
O Parque Natural da Arrábida compreende a cadeia montanhosa e uma vasta área marinha. Com um microclima especial, desenvolve uma vegetação rara e muito interessante.
A sua costa é lindíssima... A Premium Tour, considerou a Arrábida como um dos cinco lugares mais belos em Portugal no outono, apresentando esta foto.

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

~ Vitamina D



O caciferol, ou vitamina D, é uma hormona que se forma por ação direta 
dos raios ultravioleta sobre a pele. Existem alimentos animais
com percursores naturais desta vitamina lipossolúvel
que, para se tornar activa, precisa da exposição à radiação ultravioleta.
É importante para a manutenção do nível de cálcio no sangue.

Praia da ilha de Tavira. Daqui.
A profª Isabel do Carmo apresenta uma interessante história sobre
 a descoberta da vitamina, que vou resumir.
As questões surgiram no sec XIX, após a revolução industrial,
 quando Londres e outras cidades inglesas receberam avalanches de camponeses.
Esta nova classe operária, muito pobre, vivia em ruas muito estreitas e poluídas e, apinhados em pequenas casas, alimentavam-se muito mal.
Charles Dickens descreveu este ambiente no seu romance Oliver Twist.
Foi, então, que apareceu uma nova doença, que parecia endémica,
 o raquitismo, que foi denominado «doença inglesa»
Também foi nessa época que apareceu pairando sobre as mesmas cidades, o «smog»,
mistura de nevoeiro e fumo industrial que formava uma espessa camada escura.
Em 1890, Dr Palm fez um estudo que levantou uma questão importante:
- Por que seria que as crianças pobres da Índia e China não ficavam raquíticas?
O dr Steenbock, Unv de Wisconsin, descobriu em 1916  que o sol curava a doença.
Porém, os esquimós e habitantes do Ártico, não tinham sinais de raquitismo...
Foi o bioquímico McCollums, da mesma universidade, que em 1922
 analisando os alimentos dos habitantes nórdicos encontrou uma nova matéria
- A vitamina D.

Praia fluvial no rio de Alva, Serra do Açor - Daqui


 No Brasil, um pais cheio de sol, apresenta elevada taxa de osteoporose
devido ao culto da pele alva, das corridas do ar condicionado dos edifícios
 para o do carro, vice-versa e ao uso dos protetores solares.      

Como estes são indispensáveis na praia e como os raios UV são abundantes quando o sol está a pino, o melhor processo de abastecer-se é em sua casa.      

Bastam 10 - 15 mn de exposição direta da pele de todo o corpo, duas vezes por semana,
 quando o sol está no zénite.
Peles muito sensíveis precisam habituar-se gradualmente.
 A pele não pode ir além de um tom rosa.
Quanto mais escura for a pele, mais tempo de exposição precisa porque a melanina forma uma placa isoladora.      

Não se pode tomar banho logo a seguir, a vitamina acumulada à flor da pele
 precisa de 2 a 3h para que o colesterol a metabolize.    

Pessoas que vivem a latitudes elevadas já não fazem alimentação de esquimó,
pelo que, precisam de suplementação, assim como os 
idosos cuja pele tem dificuldade de absorção.


Paul McCartney toma  sol  numa varanda do Rio de Janeiro.


O cálcio não é apenas necessário à formação do tecido ósseo, 
mas também à formação de todos os tecidos, incluindo pele, cabelo e unhas.
Esta hormona intervém na maioria das funções metabólicas,
 musculares, cardíacas e neurológicas.
Está associada à prevenção e tratamento do cancro.
     

Por ser solúvel no colesterol, é armazenada nos nossos tecidos adiposos.

Alimentos como fígado de peixe, peixes gordos, ovos e manteiga são portadores.



Na pesquisa de imagens nota-se grande falta de informação, como esta grávida
 que apenas expõe o ventre a um sol tardio, como se verifica pela sombra.

Banho de sol na Rússia...


Clique para obter sugestões de informação.

 

e AQUI



 Fontes da 'internet' 
Livro da Profª Isabel do Carmo - Alimentação Saudável Alimentação Segura.

38 comentários:

  1. E atualmente está em grande moda para prevenir e atuar sobre problemas relacionados com as dores nas articulações e ossos. Por acaso, estou a experimentar a conselho da minha cunhada farmacêutica. Vamos ver no que dá...

    Beijinhos vitaminados...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo indica que foi um ótimo conselho da tua cunhada,
      mas enquanto há sol, aproveita-o no teu quintal...
      Na nossa idade, o suplemento é aconselhado no inverno,
      porém, tudo que é natural, tem melhor proveito.
      Beijinhos soalheiros.
      ~~~~~~~~~

      Eliminar
  2. Provas de que a vitamina D para mim não é problema:

    - sou moreno, achocolatado;
    - tenho o cabelo muito negro;
    - apanho sol em qualquer lado;
    - como um "esquimó" de manhã cedo.

    (claro que nem tudo é verdade
    por vezes como o "esquimó" à tarde)
    -

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rsss...
      Se és muito moreno, mais precisas do sol a pino...
      Vai despindo a camisa no teu quintal...
      Tudo de bom.
      Bj ~~~~~

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Precisa é de praticar, estimado amigo.
      Esfregam-se as mãos e à obra!
      Nada como a marcha ininterrupta de 30mn e banhos
      de sol a pino, para revigorar o 'motor'...
      Bj ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  4. Um post muito completo sobre a vitamina D. Gostei de ler. Continua a haver uma grande disparidade de opiniões sobre a quantidade diária de Vitamina D que devemos tomar. Uns dizem 600 unidades internacionais, outros 5.000 e 15.000 para as pessoas obesas. Eu opto pelas 1000 unidades. Alguns produtos alimentares têm uma quantidade muito reduzida desta vitamina. Teríamos de beber seis copos de leite fortificado, por exemplo, para conseguirmos 600 unidades internacionais.

    No Canadá temos poucas oportunidades para sintetizar a vitamina D no outono e no inverno. A quantidade de luz é em muito menor quantidade.

    Apenas uma pequenina observação. O termo esquimó deixou de ser usado há muitos anos. Por significar “comedor de carne crua”, foi considerado um termo de sentido pejorativo. Foi substituido por inuíte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ~~~
      Por cá, o INFARMED aconselha duas gotas de Vingatol - 1334 UI
      em caso de osteoporose.
      No inverno, tomo natural, cápsulas da Solgar à base de óleo de peixe.
      São apenas 400 UI e o laboratório aconselha a não exceder a dose, logo,
      é necessário, tomar uma gota da artificial...

      Penso que os europeus vão continuar a chamar esquimós a essa etnia de
      gente resistente, lutadora e misteriosa. O que os levaria a optar por
      uma vida tão inóspita e perigosa?!
      Como inferiste, dar um sentido pejorativo à palavra é falta de saber,
      porque a gordura de foca e peixes não aquecidos forneciam a vitamina
      D, E e C e ainda os ómegas que precisavam para sobreviver.
      Quando os Vikings foram forçados a viver no Ártico, extinguiram-se.
      Analisando os seus restos mortais, descobriu-se que as mulheres tinham
      os corpos tão deformados por osteoporose, que nem tinham bacia capaz de
      desenvolver um feto...
      Tendes cada uma!
      É que é chique comer um sushi bem servido e gostais de carnes fumadas!

      Beijos, Catarina.
      ~~~~~~~~~

      Eliminar
    2. Se os europeus vão continuar a usar o termo esquimó, não estarão a proceder bem uma vez que os ex¬esquimós não querem ser chamados dessa forma. Da mesma maneira que o termo “peles-vermelhas” ou “índios” caiu em desuso há muitas décadas.
      Bjos

      Eliminar
    3. Para nós, parecem-nos espécies extintas...
      Bjos.
      ~

      Eliminar
  5. Em Macau temos de ter muito cuidado com a exposição solar.
    Para apanhar uma escaldão, ou pior, é muito fácil.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É preciso ir habituando lentamente a pele a uma exposição de 10 mn,
      caso contrário, fritamos, porque os UV do sol a pino são muito agressivos, mas indispensáveis à vida.
      As pessoas apanham mais escaldões quando o sol está encoberto...
      Beijinhos, Pedro.
      ~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  6. Fui criado ao tempo. Levei banhos de chuva e adormeci à sombra dos molhos de trigo.
    Comi terra, bebi pó. Acordei feito de barro frágil, simples e permeável às intempéries.
    A vida é um presente que amamos com muitos banhos de Sol.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão poético Luis!
      Obrigada por trazer o seu canto a um assunto de cariz científico.
      Dias agradáveis e felizes.
      Beijinhos para si e MJ.
      ~~~~~~~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  7. Um post pertinente para estes tempos de canícula. Na última imagem "Banho de sol na Rússia...": Quem sabe se teria sido aqui a inspiração para o estudo do novo IMI que vem aí? eh eh eh eh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rssss... rsss...
      Talvez encontremos muitos portugueses/as assim...
      «Menina estás à janela... »
      A verdade é que é um disparate, porque se um apartamento é mais caro,
      paga mais contribuição e assim, passa a ser taxado duas vezes, pela varanda!
      Grata pela participação.
      Bj ~~~~~~~~~~

      Eliminar
  8. Excelente postagem!
    Estou por dentro do conteúdo do que aqui partilhas, mas só há cerca de 2/3 anos, a partir do momento em que comecei a fazer consulats com um médico de medicina interna; um dos conselhos foi que apanhasse sol por todo o corpo. Quando começa o tempo a ficar bom, exponho-me (tenho o privilégio de ter uma parte reservada no jardim da casa) e sem proteção; contudo não sabia que tinha de ser com o sol no zénite (aqui é impossível) e que se devia esperar umas horas para tomar banho. Assim fica difícil :(
    Bjo, amiga :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpa não ter colocado a resposta no devido lugar, pelo que, ela ficou
      depois da intervenção seguinte.
      Devido às dúvidas da Alda, introduzi um novo 'link' informativo, em que
      o autor diz que a pele deverá ficar com um tom rosado, que não deve ser
      ultrapassado.
      Bom verão!

      Eliminar
  9. Boa informação Majo :) Muito obrigada. Infelizmente, com o advento do buraco do ozono, o Sol tem-se tornado, gradualmente, em "persona non grata". É preciso escolher muito bem as horas para o receber e, pelo que sei, o zénite não corresponde à hora ideal :( Ainda assim, um Verão sem ele, e sem banhos de mar, é garantia de um Inverno cheio de maleitas, pelo menos para mim. E este ano ainda não pus os pés na praia e não sei quando o farei :( Beijinhos e vamos a banhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alda, 10 - 15 mn com o sol no Zénite, é o ideal para o abastecimento
      da vtamina D. Deve-se rodar o corpo.
      É preciso ir habituando gradualmente a pele até os 15mn.
      A pele não pode ir além do tom rosa.
      Fora deste horário precisará de mais tempo sem protetor, o que não é aconselhável.
      Vou acrescentar mais um link informativo.

      Alda, agarre o Verão, que ele corre...
      Beijinhos.
      ~~~~~

      Eliminar
  10. Odete, com o sol no zénite são apenas precisos 10 mn, porque há maior quantidade de raios UV. Depois de bronzeares precisas de 15 mn.
    Fora deste horário, tens de estar mais tempo.
    Nos países com latitudes elevadas, como o Canadá onde vive a Cristina, os raios
    solares chegam com tanta inclinação, que eles suplementam a vitamina todo o ano.
    Quanto ao banho, é uma questão de adaptação, são duas vezes por semana...
    Pessoalmente, adoro de sentir o sol ao levantar-se e antes do poente e
    não o dispenso.
    Beijinhos, querida amiga.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  11. saber não ocupa lugar. gostei de saber.
    aqui fica-se sempre mais esclarecido.

    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo incentivo, Manuel.
      Continuação de ótimo verão.
      Bj ~~~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  12. Um post incrível, Majo, como sempre com um teor informativo de alto nível.
    Por norma, tenho sempre bastante cuidado com o sol, no Verão. Sendo muito branca, a minha pele ressente-se até na sombra... nos primeiros dias de praia... que frequento mais para o final da tarde, para evitar problemas...
    Aproveito para me despedir, por alguns dias, pois vou fazer uma pausa no blog! Conto voltar lá para o final do mês...
    Sendo assim, deixo um beijinho e os meus votos de um feliz mês de Agosto!
    Até breve!
    Ana

    ResponderEliminar
  13. Uma pele branca precisa de uma gradação de exposição muito cautelosa,
    mas necessita de menos tempo de exposição sem protetor.
    Experimente quando voltar da praia.
    Umas férias muitissimo agradáveis e divertidas...
    Beijinhos.
    ~~~~~

    ResponderEliminar
  14. Olá Majo, um bom dia para um feliz fim de semana.
    Belas informações para reforçar o conhecimento.
    Gostei da musica que muito bem relaxa.
    Os cuidados com o Sol não se vêem por aqui amiga, há um abuso do Sol apesar de varias campanhas de alerta,principalmente no Verão.
    Parabéns pela qualidade das informações nesta série de cuidados.
    Meu carinhoso abraço.
    Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tominho,
      há quem abuse do sol e há muitos que não tomam o sol indispensável
      à vida, devido ao uso dos protetores solares.
      Foi por causa da exposição deficiente que fiz este trabalho.
      Grata pelo carinho, amigo.
      ~ Abraço e beijo de paz ~
      ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

      Eliminar
  15. Excelente informação por aqui. A vitamina D é realmente muito importante. E o sol logo de manhãzinha é delicioso...
    Um beijo, Majo .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida amiga, adoro o sol da manhã e antes do ocaso,
      mas esses raios possuem poucos UV e são estes que produzem
      a vitamina D.
      Beijinho.
      ~~~

      Eliminar
  16. Grato abraço pelas informações, amiga !

    Feliz fim de semana

    ResponderEliminar
  17. Boa noite querida Majo!
    Tomei muito sol sem preteção já mas tem muito tempo que me cuido pois só temos uma vida... ainda bem que tomamos novo norte a tempo...
    Obrigada pelo carinho do comentário no blog do nosso amigo em comum, Toninho...
    Lindo mimo o buquê de lavandas com fundo azulado!
    Que delicadeza!
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  18. Voltei pra te dizer que ouvi muito tempo o vídeo, relaxou de verdade! Obrigada pela partilha de um som melodioso como gosto... Bjm

    ResponderEliminar
  19. Bela lição que gostei de aprender!
    Adorava voltar à ilha de Tavira de mar transparente e bom sol!
    bjs

    ResponderEliminar
  20. Esta vitamina, a Vitamina D, é importantíssima.
    Eu tenho de tomar, periodicamente, suplementos
    para minorar o défice que o meu organismo acusa.
    Penso que devo apanhar mais Sol, realmente, e
    ingerir mais alimentos que o contenham.

    Mas Sol, muito Sol (nas horas boas) é que será
    talvez a melhor solução.

    Muito obrigada, Majo.

    Bjinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  21. Gostei de saber que a informação foi importante para si.
    Agradeço a simpatia. Muito.
    Beijinhos, Olinda.
    ~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  23. Olá, adorei esse post, muito informativo. Vou deixar aqui também a dica de um ótimo site com vários produtos naturais inclusive Vitamina D. Espero que gostem.
    www.centraldavitamina.com.br

    ResponderEliminar